DestaquePolítica

Adiada votação do PL que regulamenta aplicativos de transporte de passageiros

Projeto polêmico teve a votação adiada pela Câmara Municipal nesta quinta-feira (18). O Projeto de Lei 157, encaminhado pelo Poder Executivo, trata da regulamentação do transporte de passageiros com uso de aplicativos, como o Uber.
O Plenário ficou lotado por taxistas e motoristas, que trabalham com esta modalidade de transporte, e que também fizeram um “buzinaço” na porta da CMU. O secretário de Defesa Social, Trânsito e Transportes (Sedest), Wellington Cardoso Ramos, e o assessor jurídico da Prefeitura, Leonardo Quintino, também estiveram no Plenário.
O que acabou inviabilizando a votação foi o grande número de emendas apresentadas de última hora: 39 emendas e seis sub-emendas, das quais 16 são de autoria apenas do vereador Franco Cartafina (PHS).
O primeiro a falar foi o vice-presidente da Casa, vereador Agnaldo Silva (PSD), o qual pediu que o projeto fosse retirado, caso contrário pediria vistas ao mesmo. Ele justificou a solicitação, explicando que, devido à importância do assunto e a quantidade de emendas apresentadas, precisaria acertar um projeto mais correto, para que o mesmo não seja descaracterizado.
Para o vereador Franco Cartafina, há muito tempo todos vêm debatendo este projeto e é necessário que seja votado o mais rápido possível. “Não quero que tenham nenhuma dúvida sobre a boa vontade desta Casa, este é o nosso papel, de fiscalizadores e parlamentares do Município”, afirmou.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.