Estado de Minas

Andrea Neves depõe na sede da Polícia Federal

Andrea Neves chega para depor na sede da Polícia Federal em BH

Irmã do deputado federal Aécio Neves (PSDB), Andrea Neves esteve ontem na sede da Polícia Federal, em Belo Horizonte, para depor. Ela foi ouvida para explicar por que a polícia encontrou, na casa dela, em Brumadinho, Grande BH, documentos sigilosos da própria corporação. Acompanhada de seu advogado, Andrea saiu da PF pouco antes das 15h sem falar com a imprensa.
Os documentos foram recolhidos quarta-feira (5) durante operação da Polícia Federal intitulada Escobar, quando dois advogados e dois servidores da corporação foram presos suspeitos de retirar estes documentos e vazar informações sobre as operações.
A PF constatou vazamento de informações sobre outras operações. Os advogados teriam acesso privilegiado às informações e as usavam para oferecer aos clientes facilidades ilegais. Segundo a corporação, “tal atitude não só prejudicou diversas investigações como coloca em risco a segurança dos policiais envolvidos nos trabalhos”.
Um dos servidores preso é Marcio Antonio Camillozzi Marra, nomeado pelo presidente do Conselho Deliberativo do Cruzeiro, Zezé Perrella, para fazer parte da comissão provisória que apura as denúncias no clube. Após a ação da PF, Marra foi afastado e substituído por Wanderley Salgado de Paiva.
Foram presos na operação: Carlos Alberto Arges Júnior, advogado; Ildeu da Cunha Pereira, advogado e conselheiro nato do Cruzeiro; Marcio Antonio Camillozzi Marra, servidor da PF e conselheiro efetivo do Cruzeiro; Paulo de Oliveira Bessa, servidor da PF.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.