ColunasLuiz Hozumi - Cultura

APOSTAS DE ANO NOVO

Lembro sempre de um questionamento de um professor sobre políticas públicas: devemos promover a cultura que o povo necessita ou a que ele quer? Ainda não descobri a resposta e creio que o professor só fazia a pergunta para gerar reflexão sobre o assunto, talvez nem ele tenha essa solução. Porém, com a vinda do estacionamento rotativo para Uberaba, coloco o mesmo questionamento ao nosso prefeito municipal: deve se promover a cultura que o povo necessita ou a que ele quer? Obviamente, a população rejeitou o projeto, mas ao mesmo tempo, é claro que o centro da cidade vive um caos no trânsito, e não só nele, o comércio de rua tem ficado tão vazio quanto às vagas azuis e vermelhas. Os culpados se escondem por trás da falta de planejamento e do histórico de empobrecimento da cidade, desviando sempre o olhar para o Zebu em detrimento ao real desenvolvimento econômico para a cidade. E quem acredita que costumes e culturas são diferentes, talvez só esteja mesmo acostumado ao comodismo, da mesma forma que os pensantes da terrinha. A cultura do zebu tem feito a cidade parar no tempo há tanto tempo que nem sabemos mais o que é a modernidade, usar as máquinas de cobrança do estacionamento então, nem se fala. Apostar na necessidade e não na vontade popular pode ser tão arriscado quanto jogar no bicho e escolher sempre o boi. Sabemos que alguém sempre ganha, mas quando será que esse alguém será a população?

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar