Política

Associação solicita adequações no estacionamento rotativo

Associação entregou lista com solicitações de mudanças ao prefeito para análise

O prefeito Paulo Piau recebeu nesta terça-feira (15) representantes da Associação Centro Forte e o vereador Almir Silva. Participaram do encontro o secretário de Governo, Antônio Sebastião de Oliveira (Toninho), e o adjunto da Defesa Social, Roberto Alves de Oliveira, bem como o superintendente de Trânsito Ulisses Lamas. Na pauta, o estacionamento rotativo. A intenção foi discutir pontos positivos e negativos da implantação das áreas azul e vermelha e levantar sugestões de adequações para melhor adaptação ao funcionamento do sistema rotativo.
O presidente da Associação Centro Forte, Fábio Lopes, relata que o posicionamento da associação não é contra o estacionamento rotativo, mas ele e seus integrantes acreditam que ajustes são necessários para facilitar a utilização pela população. “O que nós queremos são adaptações, como por exemplo, que algumas vagas do estacionamento rotativo deveriam ser colocadas no momento, mas de forma mais gradual. Algumas vagas nos principais pontos comerciais e ir aumentando aos poucos, para oferecer um prazo de aprendizado maior para a população”, aponta Lopes. Outros pontos apresentados foram: colocar monitores melhor treinados e preparados para orientar as pessoas; a não cobrança de multa neste período de adaptação inicial; e a parceria com o comércio local para a venda dos cartões pré-pagos.
Paulo Piau destacou que a conversa foi importante, por se tratar de uma discussão sobre um processo que mexe com a vida da comunidade como um todo. “Envolve mudança de comportamento. Em todas as cidades que implantaram, houve esse mesmo transtorno, mas claro que o transtorno tem que ser acudido, resolvido o mais rápido possível. É isso que estamos discutindo com a empresa responsável: como relacionar bem com a comunidade de Uberaba”, ressalta Piau. Cidades como Araxá, Uberlândia e Araguari foram citadas como exemplos próximos a Uberaba. O prefeito comunicou que haverá uma reunião nesta semana com os representantes da empresa responsável pelo estacionamento rotativo para apresentar relatório com os problemas identificados e discutir soluções.
A Secretaria de Defesa Social tem acompanhado diariamente o serviço, com o objetivo de identificar a necessidade de ajustes. Segundo o superintendente de Trânsito, reclamações e dúvidas tem caído exponencialmente. “Hoje, algumas reclamações são pontuais, mas estamos acompanhando. Têm falhas que vão ser conversadas com a empresa, como em relação a deficiência na orientação e de monitores nas ruas para ensinar as pessoas a mexerem nos pontos de autoatendimento ou no aplicativo de smartphone”, explica Lamas.
Ao final da reunião, uma lista com as solicitações de mudanças foi entregue ao prefeito com a assinatura dos integrantes da Associação para análise junto à equipe da Prefeitura de Uberaba.

Paulo Piau determina a suspensão de multas

O prefeito Paulo Piau determinou à Secretaria de Defesa Social, a suspensão de multas no Estacionamento Rotativo. A decisão vem ao encontro da necessidade de adequação da empresa, que tem apresentado problemas tecnológicos nos postos de autoatendimento, bem com número de funcionários considerado insuficiente para atender ao sistema.
A empresa já foi notificada e a Secretaria Municipal de Defesa Social (SDS) tem mantido fiscalização rigorosa do contrato. Piau ressalta que a Prefeitura irá cumprir sua parte no contrato, mas é preciso que a empresa agilize a solução dos problemas que tem ocorrido e que dificultam a utilização do sistema em alguns locais. Por fim, a empresa informou que vai regularizar em aproximadamente 7 dias e após esse período as notificações retornam.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.