ColunasLawrence Borges - Bastidores

Bastidores

DOIDÃO
Caiu como uma bomba no meio político da cidade a prisão do ex-vereador (e suplente) Edmilson Doidão, pela Polícia Militar.

A PRISÃO
A prisão aconteceu na manhã de ontem, após o recebimento de denúncias anônimas informando sobre um mandado de prisão expedido pela Justiça de Goiás contra o político pelo crime de receptação de veículo.

PAUSA NA CAMPANHA
Nos últimos dias, Doidão vinha trabalhando como cabo eleitoral do deputado federal Aelton Freitas, candidato a reeleição e da vereadora Denise Max, candidata a deputada estadual. Ambos são do PR, partido do Doidão.

SUPLÊNCIA
É bom lembrar que Edmílson conquistou 2.934 votos nas eleições de 2016, ficando na primeira suplência do PR. Por isso, ele vinha trabalhando para eleger a colega de partido, Denise Max, já de olho no retorno à Câmara Municipal. No entanto, essa prisão pode atrapalhar os planos do ex-vereador. Esperemos as cenas dos próximos capítulos.

QUEM DEDUROU?
Ninguém comenta, mas todo mundo se pergunta: quem fez a denúncia contra o Edmílson logo agora no período eleitoral?

TREM-BALA
Enquanto isso, na manhã de ontem, o presidente da Câmara, Luiz Dutra (PMDB), solicitou ao Executivo que estabeleça parcerias para a implantação de um trem-bala ligando as cidades de Uberaba e Uberlândia. Conforme matéria na página 3, Dutra disse que o projeto traria diversos benefícios para a cidade e região. Ele citou, inclusive, um acesso rápido e econômico ao aeroporto internacional de cargas a ser instalado na rodovia BR-050.

ELEITOR ATENTO
O assunto gerou repercussão nas redes sociais e deve gerar ainda mais nessa sexta-feira, quando será amplamente divulgado pela imprensa local.

REDES SOCIAIS
Aliás, os vereadores precisam estar atentos ao que acontece nas redes sociais. Se bem trabalhadas e analisadas, eles podem servir como uma ótima ferramenta para consolidação positiva da imagem dos edis. Além disso, é um canal direto com o cidadão e não custa caro. Por outro lado, tem vereador que raramente dá as caras nas redes sociais, sendo esquecidos pelo público. Tudo, porém, deve ser feito com parcimônia, pois não adianta “postar” o dia inteiro, o que já foi comprovado ser extremamente ineficaz e até irritante.

ADEQUAÇÃO
Painel que estava exposto no comitê no deputado Aelton Freitas precisou ser removido pela equipe de trabalho, já que o mesmo estava contrariando o que determina a legislação eleitoral.

DILMA DE VOLTA
A candidata ao Senado e ex-presidente Dilma Rousseff, do PT, deve retornar à Uberaba nos próximos dias para conquistar ainda mais votos na cidade. Ressalta-se que ela lidera todas as pesquisas de intenção de votos.

AÉCIO VEM AÍ?
Coordenação da campanha do senador Aécio Neves (PSDB) que, este ano, será candidato a deputado federal, esteve na cidade realizando levantamentos e estruturando a campanha do ex-governador no município. Até o momento, Aécio não deu as caras por aqui, nem mesmo quando o seu colega de partido e “apadrinhado” Antonio Anastasia esteve na cidade fazendo campanha.

OTIMISMO DO ZEMA
Candidato do Partido Novo ao governo de Minas, o empresário Romeu Zema está celebrando o crescimento de 120% nas pesquisas de intenção de voto. Ele pulou de 3% para 7%, segundo o IBOPE. Tudo é questão de ponto de vista. Mas, de qualquer forma, o araxaense vem crescendo e conquistando a simpatia dos mineiros. Muitos acreditam que ele crescerá ainda mais até o dia da eleição.

CONVITE POLÊMICO
Única a participar do debate no Colégio Batista Mineiro na manhã desta quinta-feira (13), a economista e professora aposentada Dirlene Marques chamou os alunos do ensino médio a participarem da próxima Marcha da Maconha em Belo Horizonte. O polêmico “convite” foi feito quando ela respondia a uma pergunta sobre a composição do comando da Polícia Militar em seu eventual governo. O debate esquentou…

VIOLAÇÃO DA LEI
Dos 43 deputados federais que são sócios ou administradores de empresas rurais, 11 já foram autuados por violar a lei trabalhista. Todos concorrem na eleição – dez para a Câmara e um para o Senado. Dois deles foram flagrados com trabalhadores em situação análoga à escravidão e outros cinco com funcionários sem carteira assinada. As infrações dos 11 deputados somam um total de 286 autos, que incluem o não pagamento do FGTS, o desrespeito ao tempo de descanso, falhas na prevenção de acidentes, entre outros. Os dados são da Receita Federal e do Ministério do Trabalho e foram divulgados pela ONG Repórter Brasil. Dos 11 deputados infratores, dez são da bancada ruralista.

CONFLITO NO PSB
O clima de conflito que reinou no PSB em Minas Gerais na disputa para manter ou não a candidatura de Marcio Lacerda ao governo do Estado permanece na sigla, mas agora com outros personagens. O deputado federal Júlio Delgado (PSB) tem sido acusado por membros e candidatos do partido de ser privilegiado pela direção da legenda.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar