ColunasLawrence Borges - Bastidores

Bastidores

Lawrence Borges

CONTRA MÃO
Divulgação envolvendo mudanças no trânsito, dentro do projeto de revitalização e urbanização da região sul da cidade, noticiada pelo JORNAL DE UBERABA, pegou muita gente de surpresa. Uma das informações que chamou mais a atenção diz respeito ao fato de a avenida deputado José Marcus Cherém passar a ser mão única. Para muitos usuários e leitores a ideia não é bem-vinda.

VIADUTO
Outra informação significativa dentro do projeto diz respeito a construção do viaduto do Parque Fernando Costa. Esta obra faz parte dos vários projetos integrantes do Financiamento de Infraestrutura e Saneamento, o qual foi aprovado na semana passada pelos vereadores. Assim que os valores forem liberados pela Caixa não deve demorar muito para que esta e outras obras importantes sejam iniciadas.

ESTUDOS
Porém, é sempre bom lembrar que tais mudanças não são decididas por simples achismo. Tudo envolve estudos técnicos que visam, em suma, melhorar a vida do cidadão. Ao que parece, o projeto não deve sofrer mudanças sensíveis quando for colocado em prática.

APRESENTAÇÃO
O projeto deve ser apresentado hoje à comunidade, que poderá tirar dúvidas e entender as escolhas. A apresentação está marcada para as 17h, no anfiteatro da Prefeitura. Quem tiver oportunidade, deve comparecer para conferir.

FIGURANTES
Leitores reclamam, muitas vezes com razão, do fato de alguns vereadores serem apenas figurantes na Câmara Municipal. Enquanto colegas apresentam e discutem propostas, alguns dos vereadores só vão ao prédio do Legislativo para registrar presença e aparecer nas fotos. Nem mesmo em discussões importantes como o projeto que visa regularizar o Uber na cidade, na pauta da semana passada, eles emitem opiniões. Se o vereador é a voz do eleitor na CMU, alguns eleitores não estão sendo ouvidos, pois não têm voz representativa.

DÍVIDAS COM OS MUNICÍPIOS
Por causa de atrasos entre um compromisso e outro, o candidato do Novo ao Governo de Minas, Romeu Zema, não participou da sabatina promovida pela Associação Mineira dos Municípios (AMM), na última segunda-feira. Na oportunidade, o senador e candidato ao governo, Antonio Anastasia (PSDB), assinou um documento se comprometendo a colocar em dia os repasses para os municípios mineiros. A dívida cobrada pelos municípios é de mais de R$ 9 bilhões, referentes a verbas como o IPVA, ICMS e Fundeb. Mesmo não tendo participado do evento, Zema disse que, se eleito, o plano de governo prevê a restauração de todos os repasses e isso se dará por meio de “equacionamento das contas”.

NÃO É FÁCIL
Mesmo cobertos de boa vontade e de olho em angariar votos com tais declarações, ambos os candidatos certamente têm consciência de que o problema não se resolverá tão rapidamente. Anastasia disse que em janeiro esse assunto será tratado com urgência. Zema foca no corte de privilégios, dizendo que o tema está na ordem do dia. No entanto, com uma dívida tão volumosa, é certo de que os primeiros meses serão de muito trabalho e cobrança por parte dos municípios que, independente de quem seja o novo governador, precisam e têm direito de receber tais recursos.

SUGESTÃO
Em entrevista veiculada na edição de domingo do JORNAL DE UBERABA, o deputado estadual eleito pelo PSL, delegado Heli Andrade (Grilo), disse que lutará para que o sistema de repasses do estado para os municípios seja revisto. Grilo entende que deve haver alguma forma de que parte do que for arrecadado na cidade não precise ir para os cofres do governo para, só então, retornar ao município. O mecanismo precisa ser revisto, é verdade. Mas, para tanto, os deputados, de oposição ou não, precisam se reunir neste intuito. O que não pode é os municípios continuarem sendo lesados por causa da más administrações estaduais.

BOTÃO DO PÂNICO
Um reforço no apoio às vítimas de assédio e importunação sexual em Belo Horizonte deve começar a funcionar no mês que vem, junto às ações de prevenção da Guarda Municipal (GMBH). O chamado “botão do pânico” será ativado pelos motoristas, acionando imediatamente a empresa de ônibus e a central da BHTrans. Uma vez acionado o botão, viaturas da Guarda ou da Polícia Militar serão imediatamente enviadas para deter o suspeito, sem que o ônibus precise parar. A ordem é seguir viagem para evitar que o agressor salte do veículo. Ótima ideia e que poderia ser pensada pelas empresas de transporte coletivo de Uberaba.

ELEIÇÃO DO PHS
Após batalha judicial travada entre o presidente nacional do PHS, Eduardo Machado, e o deputado federal Marcelo Aro (PHS) para definir quem comanda a sigla, Machado saiu vitorioso. No último domingo, o plantão do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) negou pedido de um aliado de Aro para retomar o controle da legenda.

NOVO EDITAL
Já no comando da sigla, Machado cancelou nesta segunda-feira (22) uma eleição para a executiva nacional do PHS. Segundo ele, o pleito foi convocado ilegalmente por Aro quando o deputado federal já não ocupava mais o cargo de presidente do partido. O novo mandatário do PHS já está elaborando um edital para convocar os correligionários para decidirem quem vai presidir a legenda. O PHS é o mesmo partido do deputado federal eleito por Uberaba, Franco Cartafina. A sigla não se enquadrou dentro da clausula de barreira e, para continuar recebendo do Fundo Partidário, deverá se fundir com outro partido.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar