Cidade

Blitz Natalina da Visa apreende mais de 200 quilos de produtos

Cerca de 60 estabelecimentos foram inspecionados. Operação segue até meados de janeiro

Blitz Natalina 2018, promovida pelo departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde de Uberaba, em parceria com a Fundação Procon, fiscalizou cerca de 60 estabelecimentos e apreendeu 207,69 kg de produtos impróprios para consumo, entre carnes, massas panificadas, sequilhos, bebidas e produtos diversos. Os dados são do mês de dezembro, mas a operação ainda segue durante as duas primeiras semanas de janeiro.
A proposta da ação é fiscalizar mercearias, supermercados e outros estabelecimentos que comercialize produtos como castanhas, frutas cristalizadas, peixes, panetones e outros produtos comercializados durante as festas de final de ano. De acordo com informações do Departamento de Vigilância Sanitária, uma das principais infrações foi a falta de alvará e a comercialização de produtos irregulares, como carne vencida ou com características impróprias para consumo, falta de identificação apropriada, entre outros.
Tanto o Procon Uberaba quanto a Vigilância Sanitária orientam aos consumidores para se atentarem quanto: a data de validade, procedência do produto (como está sendo armazenado); se o estabelecimento possui o alvará sanitário; se o produto consta o selo de fiscalização – que garante que o produto foi fiscalizado. Em caso de panetones próprios de panificadores observarem a qualidade do produto, se não tem fungos, mofo e se está bem acondicionado. Outro alerta é para que o consumidor se atente sobre a validade do Alvará Sanitário que é válido por um ano.
Qualquer irregularidade notada o consumidor deve entrar em contato com o departamento de Vigilância Sanitária 3331-2737 e/ou do Procon 3331-9100.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.