DestaqueNacional

Bolsonaro tem 62% de aprovação em seguidores em redes sociais

Pesquisa Datafolha divulgada ontem pelo jornal “Folha de S.Paulo” aponta que a aprovação do governo Jair Bolsonaro quase dobra quando são considerados apenas os seguidores do presidente nas redes sociais.
Neste recorte, 62% dos entrevistados afirmaram ao instituto que consideram até agora o governo “ótimo” ou “bom”. Entre os usuários das redes que não acompanham os perfis de Bolsonaro, a taxa de “ótimo/bom” é de 23%.
Ao ouvir a população em geral – considerando-se quem segue e quem não segue Bolsonaro em redes sociais, além dos entrevistados que não estão conectados nessas mídias digitais –, 32% disseram que o governo até agora é ótimo/bom, 33%, regular, e 30%, ruim/péssimo.
O Datafolha ouviu 2.086 pessoas entre os dias 2 e 3 de abril. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.
Desde a campanha, Bolsonaro aposta na estratégia de se comunicar diretamente com seus eleitores por meio das redes sociais, inclusive, por meio de transmissões ao vivo.

Nota média – Entre a população em geral, a nota média do governo Bolsonaro até agora é 5,4. A avaliação sobe para 7 quando considerados apenas os seguidores do presidente em redes sociais. Já os usuários de redes sociais que não o seguem dão nota média de 4,6 ao governo.
O instituto também questionou os entrevistados sobre a confiança que têm em notícias na imprensa profissional e nas redes sociais. Dos entrevistados, 5% disseram que são confiáveis todas as notícias na imprensa profissional; 17% acham a maioria das notícias confiáveis; e 61% algumas das notícias.
Em relação às redes sociais, 2% responderam que todas as notícias são confiáveis, 8% disseram que a maioria é confiável e 63% afirmaram que algumas notícias são confiáveis.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.