Cláudio HumbertoColunas

Cláudio Humberto

“[Fundo bilionário do MP é] ato atentatório a preceito fundamental”
Min. Alexandre de Moraes suspende acordo que dava R$2,5 bi da Petrobras ao MP-PR

Mentir sobre o Brasil lá fora é velha estratégia
É tão oportunista quanto manjada a opção de políticos como Jean Wilis que, na oposição ou por falta de votos, viajam o mundo falando mal do País e dos governantes. O presidiário Lula, por exemplo, divertiu-se em 2014 relatando a blogueiros ligados ao PT como mentia a crédulas plateias europeias, com a cumplicidade de jornalistas brasileiros. Lula não contava que o vídeo da confissão vazasse nas redes sociais. Às gargalhadas, debochou dos franceses por acreditarem em suas lorotas.

Modelito Pinóquio
Jean Wilis segue a trilha de Lula. Sem contar quem o financia, ele tem percorrido cidades europeias distribuindo mentiras a granel.

Wilis se deu mal
Em Genebra, Wilis encontrou alguém que, sem preconceito ou mimimi, desfez suas lorotas: a embaixadora na ONU Maria Nazareth Azevêdo.

Números da mentira
Com Lula, as mentiras não foram contestadas: “Eu disse em Paris que aqui tinha 25 milhões de crianças na rua! Todos aplaudiam! Kkkkkk”.

Tem sua eficácia
A estratégia não é nova, mas pode ser eficaz. Opositores “minavam” a ditadura inflacionando números de presos, desaparecidos etc.

DF já admite seguranças armados em escolas
O secretario de Educação do governo do Distrito Federal, Rafael Parente, ficou tão chocado quanto qualquer cidadão com o ato terrorista na escola de Suzano, por isso iniciou estudos para avaliar a lotação de seguranças armados em escolas públicas. Hoje, as escolas da rede oficial têm vigilantes desarmados e porteiros. Parente também reflete sobre a ampliação de parceria com a Polícia Militar para treinar professores, alunos e funcionários a lidar com situações de risco.

Exemplo americano
Em Brasília, a Escola Americana segue o modelo de congêneres nos EUA: realizam treinamentos para enfrentar situações de perigo.

PM na escola
Atualmente, o DF desenvolve um projeto de gestão compartilhada com a PM, com resultados positivos, em quatro grandes escolas públicas.

Melhora almejada
A gestão compartilhada com a PM tem aprovação de 85% dos pais e alunos. Outras dez escolas já pediram para entrar no programa.

Sem perigo de dar certo
A turma de Curitiba ainda defende a curiosa “Fundação Lava Jato”, que “capturou” R$2,5 bilhões da Petrobras para administrar financiamentos a “entidades idôneas”. Logo o MPF, que se dedica exatamente a investigar gestores que liberam fundos públicos a “entidades idôneas”.

Estrada d’água

Ned Cavalcanti era diretor-geral de DER quando Miguel Arraes o chamou:

  • Dr. Ned, tem um açude lá em Santa Cruz do Capibaribe quase sangrando. O senhor pode dar um jeito nisso, fazendo um canal de concreto armado para levar água à população que está sofrendo uma seca danada?
  • Dr. Arraes, o DER não domina a construção de canais. Cuida de rodovias.
  • O canal – decretou o governador – vai servir de estrada para a água…
    O canal foi construído em tempo recorde e funciona até hoje.

Com André Brito e Tiago Vasconcelos
www.diariodopoder.com.br

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar