Cláudio HumbertoColunas

Cláudio Humberto

“Quero saber quem vai dar segurança ao próprio ministro Moro”
Ibaneis Rocha, governador do DF, inconformado com o bandidão Marcola em Brasília

Anistia beneficiou até o ‘Coronel Nunes’ da CBF
Entre os casos suspeitos de “indenização de perseguido político” na auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) está o de Antonio Carlos Nunes de Lima, o “Coronel Nunes”, presidente da CBF. Ele era cabo da FAB por engajamento, com prazo para sair, mas alegou que sua “baixa” foi “perseguição política” e ganhou da Comissão de Anistia a bolada de R$243 mil em 2003, e pensão vitalícia de quase R$15 mil mensais. Curiosamente, após a FAB, Nunes entraria depois na Polícia Militar do Pará, onde se destacou no combate à guerrilha do Araguaia.

Olha quem foi o padrinho
A indenização ao coronel Nunes ocorreu sob empenho pessoal do advogado Márcio Thomaz Bastos, ministro da Justiça do governo Lula.

Memórias do nosso bolso
Há suspeitas de treta na Comissão de Anistia como os R$26 milhões já gastos no “Museu da Memória”, em BH, que não saiu do papel.

Papelão foi alvo da PF
Projetado para a UFMG, o milionário “Museu da Memória”, que existe só no papel, já foi alvo de operação da Polícia Federal.

Imagens da esperteza
À vontade para meter a mão no bolso do contribuinte, a Comissão de Anistia gastou R$7 milhões em um HD com fotos.
Convite a Wajngarten teve aval de Paulo Guedes
O convite para Fábio Wajngarten assumir a área de comunicação do governo Jair Bolsonaro teve o aval do ministro Paulo Guedes (Economia). Ele conheceu Wajngarten por meio de um velho amigo, Elie Horn, fundador da Cyrela, uma das maiores imobiliárias do País. Após criticar a comunicação do governo, Guedes recomendou Wajngarten enfaticamente a Bolsonaro, em reunião no Planalto.

Ele sabe o que faz
O novo homem forte da comunicação tem entre seus talentos o de definir e avaliar a eficácia de ações de comunicação do governo.

Salvador da pátria
Fábio Wajngarten chega ao Planalto com ares de “salvador da pátria”, embora não o pretenda. Ao menos será alguém do ramo no lugar certo.

‘VDM’ já funciona
No governo, ontem, o adiamento da ida de Paulo Guedes à CCJ da Câmara já era atribuído a Wajngarten. Seria o “VDM” já em ação.

Apoio à reforma
Os deputados cujos líderes apoiam a reforma da Previdência (PR, SD, PPS, DEM, MDB, PRB, PSD, PTB, PP, PSDB, Patriotas, Pros e Podemos) somados são 291. O PSL de Bolsonaro tem 54. Total: 345.

‘Limpa’ não cessou
Após a primeira “limpa”, com a demissão de 150 apadrinhados de Renan Calheiros, José Sarney e Eunício Oliveira, todos do MDB, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), deve exonerar outros aspones “de confiança”. Porque simplesmente não o são.

Sucatas paralisadas

Certa vez, durante discussão no Senado sobre a doação de 12 velhos aviões da Força Aérea ao Paraguai e à Bolívia, o senador Edison Lobão (PFL-MA) disse que das 800 aeronaves da FAB, 400 estão paralisadas. O senador tucano Arthur Virgílio (AM) não segurou a ironia: “Com a doação dos doze aviões, a FAB ainda ficará com 48,5% da frota paralisada. Se o governo Lula doar os 400, poderá proclamar que deixou a FAB com 100% da frota em condições de vôo…”

Com André Brito e Tiago Vasconcelos
www.diariodopoder.com.br

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar