Política

CMU aprova projeto que destina lotes para construção de moradias

Presidente da Cohagra, Marcos Jammal participou da sessão

Atendendo a uma demanda do vereador Luiz Dutra (MDB), o Executivo apresentou no plenário da Câmara Municipal nesta segunda-feira (26), Projeto de Lei que desafeta de suas características específicas e autoriza o município a alienar lotes no “Residencial 2000”, de acordo com o Programa Municipal de Moradias.
A matéria, aprovada nesta segunda-feira, trata de parte de área destinada a equipamentos públicos com 31.729,22 m2, localizada no Loteamento “Residencial 2000”. “A presente desafetação e autorização para alienação dos lotes, que resultarão do seu parcelamento, destina-se à construção de empreendimento habitacional, visando ao atendimento social das famílias com renda de 0 a 6 salários mínimos pela Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande – Cohagra, na qualidade de gerenciadora e interveniente”, segundo a Administração Municipal.
O Executivo destaca que o objetivo é diminuir o déficit habitacional do Município, visto que a Cohagra possui extenso cadastro de famílias.
Escolas – Proposta assinada pelo vereador Rubério Santos (MDB), com o objetivo de homenagear os profissionais que dedicaram sua vida à educação, restringindo a nomeação das escolas municipais aos nomes de pessoas atuantes na área, foi arquivado diante de Parecer de Inconstitucionalidade na sessão de hoje na CMU.
Segundo Rubério, em um país que remunera tão mal os educadores, certamente que a dedicação à profissão tem relação direta com a paixão que o profissional tem pelo que faz. Dessa forma, seria injusto permitir que uma escola municipal levasse o nome de profissionais de outras áreas”, disse.
O vereador ressaltou ser importante destacar também que o nome da escola serve muitas vezes como exemplo e fonte de inspiração para os alunos que nela estudam e para a comunidade, “e evidenciar a figura do educador demonstra a valorização do profissional, ajudando a criar a cultura do respeito e admiração a quem dedicou a vida à arte de trazer a luz do conhecimento ao próximo”, encerrou.
Diante a decisão de arquivamento do projeto, a proposta será transformada em requerimento por seu autor e encaminhada ao Executivo.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.