Cidade

Codau paralisa captação no rio Uberaba amanhã

Sistema elétrico será revisado em manutenção preventiva na casa de bombas

A Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau) programa para amanhã, uma paralização geral dos conjuntos de moto-bomba da Estação de Recalque, no rio Uberaba. O objetivo é fazer intervenções preventivas no sistema elétrico que alimenta a unidade.
O horário programado é das 7h às 9h e neste intervalo de duas horas, a Estação de Tratamento de Água (ETA) também ficará paralisada. Com isto, o abastecimento será interrompido apenas para os seguintes bairros da região nordeste do município: Residencial Estados Unidos I e II; conjuntos Cássio Rezende I e II; Frei Eugênio e Jd. Guanabara; Estados Unidos; Quinta da Boa Esperança; parte do Boa Vista; Residenciais Flamboyant I, II e III e Baronesa, além do Jardim do Lago e Parque do Mirante. Todo o restante da cidade continuará com abastecimento normal. Aqueles setores que ficarão sem o bombeamento de água a orientação da Codau é para que os moradores diminuam o gasto de água pela manhã até que as redes voltem a ser pressurizadas novamente, com a retomada da distribuição de água após às 9h.
O presidente da Codau, Luiz Guaritá Neto, explicou que o objetivo deste trabalho específico é aumentar a confiabilidade nos equipamentos. “Nossos engenheiros e técnicos farão uma avaliação dos quadros de comando das bombas que fazem o recalque do rio Uberaba, em seus terminais, fusíveis, suportes e barramentos. Trata-se de uma verificação sistemática de tudo e substituição dos materiais que apresentarem oxidação pela ação do tempo”, esclareceu.
A Codau mantém vigilância constante nesses equipamentos e realiza estudos termográficos para acompanhar o desempenho de todos os seus quadros elétricos.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.