Política

Com a LOA aprovada, vereadores cobram o Orçamento Impositivo

Vereadores questionaram se a Prefeitura está preparada para cumprir o Orçamento Impositivo, que deve ser de R$ 11,4 milhões

A aprovação em 2º turno da Lei Orçamentária Anual (LOA) aconteceu nesta quinta-feira (29), dentro da normalidade. A previsão para o orçamento do próximo ano é de R$ 1.377.678.509,95.
Mais uma vez o vereador Thiago Mariscal votou contrário ao Projeto de Lei. Os vereadores aproveitaram as presenças dos técnicos da Prefeitura, o assessor geral de Planejamento Orçamentário, Jorge Cardoso de Macedo, e a assessora de Planejamento Orçamentário, Taciana de Castro Balduíno, para tirarem algumas dúvidas.
O vereador Samuel Pereira (PR) questionou se a Prefeitura está preparada para cumprir o Orçamento Impositivo, que deve ser de R$ 11,4 milhões, para serem divididos entre os 14 vereadores. Ele lembrou que o percentual pode chegar até 3%, segundo a Lei, atingindo os R$ 22,8 milhões.
Samuel ainda destacou o apoio que a Câmara tem oferecido ao Executivo. “Muitas vezes ajudamos o Executivo a economizar, e sabemos que no ano que vem teremos um ano difícil”, afirmou.
Almir Silva (PR) lembrou que o Orçamento Impositivo é Lei, que precisa ser cumprida. Ele fez questão de reforçar que o recurso não é para o vereador, e sim para destinar as entidades indicadas, seja da área de saúde ou social.
O líder do Executivo, vereador Rubério dos Santos (MDB) reafirmou que a lei tem que ser respeitada e que é preciso discutir os termos para chegarem a um denominador comum com o prefeito Paulo Piau.
O vereador Franco Cartafina (PHS) também destacou a parceria entre os Poderes, lembrando que a Casa é muito solidária com relação as contenções de despesas. Ele destacou, ainda, que em seis anos de mandato, apenas uma vez as emendas foram pagas e abaixo do que a lei permite. “Vale lembrar que os recursos das emendas parlamentares não são para os vereadores e sim para entidades indicadas”, acrescentou Franco.
O presidente da Comissão de Orçamento, vereador Agnaldo Silva (PSD), agradeceu pelo apoio dos representantes do Executivo, e disse esperar que no próximo ano o orçamento seja discutido de forma ainda melhor, o que foi reforçado pelo líder do prefeito.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.