Veículos

Com os Tiggo, Caoa Chery cresce 270%

Empresa negociou mais de 3 mil veículos no trimestre

O primeiro trimestre do ano mostrou que a Caoa Chery é a marca que mais cresce porcentualmente este ano dentre as montadoras de automóveis com produção local.
Embora com volumes ainda modestos em relação às marcas mais vendidas, a empresa viu suas vendas aumentarem nada menos do que 270%, graças principalmente à linha Tiggo, com seus três modelos de utilitários esportivos: Tiggo 2, Tiggo 5x e Tiggo 7. A marca sino-brasileira ainda fabrica o sedã Arrizo.
O ganho em relação a pontos porcentuais – situação em que a Fiat lidera o ranking de crescimento – é de apenas 0,3 pp, mas isso significa um aumento expressivo em relação aos 0,2 ponto de participação que a marca tinha no primeiro trimestre do ano passado.
No total a Caoa Chery vendeu 3.044 unidades no primeiro trimestre. O Tiggo 2 foi lançado em abril do ano passado, na versão com câmbio manual e em junho na versão automática, enquanto o 5x e o 7 chegaram somente em fevereiro último.
O ranking das marcas que mais cresceram porcentualmente em 2019 tem a Citroën em segundo lugar, graças principalmente às boas vendas do seu novo utilitário esportivo Cactus, com 3.615 unidades negociadas. No total, a marca francesa vendeu 6.577 unidades e viu sua participação passar de 0,9% para 1,1%.
Ainda entre as marcas de grande volume, vale destacar o bom crescimento da Jeep (+31%), da Renault (+29%) e da Fiat (+23%). Volvo (+51%) e Jaguar (+52%), assim como MAN, SSangyong e RAM, com volumes residuais, também tiveram crescimento expressivo no trimestre.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.