Cidade

Comércio impulsiona saldo de emprego positivo em Uberaba

Danilo Cruvinel

Dados divulgados nesta quinta-feira (20) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) indicam que Uberaba encerrou o mês de novembro com saldo positivo na geração de emprego. De acordo com o levantamento, em novembro, foram registradas 3.052 admissões e 2.668 desligamentos, gerando um saldo positivo de 384 empregos, o equivalente a uma variação de 0,49%.
Segundo os dados divulgados pelo Ministério do Trabalho, no acumulado de janeiro a novembro de 2018, Uberaba registra 33.593 admissões e 31.166 desligamentos, resultando em um saldo positivo de 2.427 empregos, uma variação de 3,16%.
A evolução do emprego por setor de atividade econômica em Uberaba registrou os setores que apresentaram saldo positivo foram comércio (316), indústria de transformação (129), construção civil (85) e serviço industrial de utilidade pública (1). Já entre os setores que apresentaram saldos negativos estão agropecuária (-70), serviços (-62) e extrativa mineral (-15). Ainda conforme o levantamento, em novembro, não houve admissão ou desligamento na administração pública.

Brasil – Ainda conforme o Ministério do Trabalho, o emprego formal no Brasil manteve a tendência de crescimento em novembro de 2018, registrando saldo positivo de 58.664 postos de trabalho, equivalente à variação de 0,15% em relação ao mês anterior. Esse resultado decorreu de 1.189.414 admissões e de 1.130.750 desligamentos. Foi o melhor saldo do mês de novembro desde 2010. No acumulado do ano, de janeiro a novembro, houve crescimento de 858.415 empregos, uma variação de 2,27%.
Já em Minas Gerais, os números demonstram que o estado apresentou saldo de 367 empregos celetistas, um aumento de 0,01% em relação ao mês anterior. Segundo o levantamento, em novembro, o total de admissões no estado foi de 130.890 e o de desligamentos, 130.523. Já no acumulado de janeiro a novembro, Minas Gerais registra saldo positivo na geração de empregos de 120.629, uma variação de 3,09%.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.