Esportes

Conmebol proíbe bandeirões nos estádios e exige torcedores sentados a partir de 2021

Mudanças no Regulamento de Segurança da entidade restringe vários objetos nas arenas e prevê apenas venda nominal e online de ingressos e assentos marcados

A Conmebol publicou a edição de 2019 de seu Regulamento de Segurança, que rege todas as competições promovidas pela entidade. O texto deste ano aumenta de 18 para 21 itens proibidos nos estádios, com algumas novidades que podem afetar vários torcedores acostumados aos jogos da Libertadores: bandeiras e bandeirões com mais de 1,5m de comprimento e 1m de largura.
A nova regra também prevê que, a partir de 2021, todos os ingressos sejam vendidos na internet e os lugares sejam marcados e com assentos. O regulamento, no entanto, não especifica se as arenas que contam com setores para que a torcida fique em pé terão que ser adaptadas.
Os ajustes nos regulamentos vêm após uma série de episódios violentos, como nas finais da Copa Sul-Americana de 2017, entre Flamengo e Independiente, no Rio de Janeiro, e da Libertadores de 2018, entre River Plate e Boca Juniors.
Todos as regras são válidas para os clubes e arenas que recebam partidas de competições da Conmebol. Em seu artigo 3º, o regulamento prevê que a Unidade Disciplinar da entidade pode impor sanções aos responsáveis em caso de descumprimento.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar