Nacional

Corpo do jornalista Ricardo Boechat é cremado

O corpo do jornalista Ricardo Boechat foi velado entre a noite de segunda (11) e a manhã de ontem, no Museu da Imagem e do Som (MIS), nos Jardins, em São Paulo. Boechat, de 66 anos, morreu no início da tarde de segunda (11) após o helicóptero em que estava cair na Rodovia Anhanguera. O velório começou às 22h de segunda com uma cerimônia com os familiares no Museu da Imagem e Som (MIS), na Zona Sul de São Paulo. Depois, no início da madrugada, foi aberto ao público. Foram ao MIS, entre outros, o governador de São Paulo, João Doria, e o presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação, João Carlos Saad. Às 14h10, o corpo deixou o MIS e seguiu para a cerimônia de cremação no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. O corpo foi seguido por um cortejo de taxistas que homenagearam o jornalista e apresentador. O corpo do jornalista foi cremado em uma cerimônia privada restrita à família, prevista por volta das 16h.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.