Polícia

Criança de dois anos é atropelada e motociclista foge sem prestar socorro

Uma criança de dois anos ficou ferida após ser atropelada por uma motocicleta em Uberaba. O condutor do veículo fugiu sem prestar socorro e está sendo procurado.
O acidente aconteceu na Rua Maria Barra Borges no bairro Valim de Melo, onde segundo informações do pai do menino, a vítima estava na calçada na porta de casa quando foi atropelada por uma motocicleta de grande porte de cor escura que era conduzida por um jovem. Após o acidente, o menino foi arremessado com a cabeça contra o asfalto e o condutor do veículo fugiu sem prestar socorro sentido bairro Chica Ferreira.
Desesperado, próprio pai da criança, a colocou dentro do veículo e a levou para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) para atendimentos. Na unidade hospitalar a equipe médica constatou que o menino teve suspeita de fratura no braço esquerdo, traumas no tórax e abdômen e traumatismo craniano. Várias viaturas da 40ª Companhia da Polícia Militar realizaram rastreamentos, mas o condutor da motocicleta que provocou acidente com vítima e fugiu sem prestar socorro não foi encontrado. O caso será investigado pela Polícia Civil. (JC)

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.