Esportes

Cruzeiro terá na teoria o adversário mais difícil

Confrontos da Taça Libertadores da América

Antes de começarem os jogos, sim, a dupla Gre-Nal vai enfrentar adversários que são tecnicamente inferiores. Comparado ao que vai enfrentar o Cruzeiro, por exemplo, que precisará bater o atual campeão da Libertadores para ir adiante, Grêmio e Inter se deram muito bem.
Os colorados enfrentarão uma camiseta pesadíssima que, aliás, já prevaleceu sobre a do próprio Inter numa final de Libertadores lá em 1980. Faz tempo que o Nacional de Montevidéu não consegue atuar em alto nível a ponto de se candidatar ao título, mas tem tradição e é dos grandes do Uruguai.
O Grêmio terá um adversário ainda inferior ao Nacional. O Libertad fez 1 x 0 e levou 2 x 0 do Grêmio na fase classificatória. Ambos os jogos foram fora da curva. O primeiro, porque o Grêmio desdenhou da força de quem não conhecia.
Na Arena, trotou como se fosse vencer por inércia, perdeu. Depois, quem já estava relativamente desmobilizado era o Libertad, que enfrentou em casa o Grêmio já classificado em primeiro lugar. O fato, porém, é que Nacional e Libertad, em condições normais de lógica, seriam eliminados pelos brasileiros.
O problema é que o futebol de 2019 relativizou tudo. Basta uma estratégia inspirada e competente dos desafiantes nos dois jogos e pronto, o tecnicamente superior fica pelo caminho.
Nem estou considerando o imprevisível da janela de transferências, quando os protagonistas dos times brasileiros podem se transferir para a Europa e os desfalques seriam gravíssimos, mesmo que muito dinheiro entrasse nesta hora.
No contexto de hoje, o Grêmio ganha do Libertad e o Inter ganha do Nacional. Só se enfrentam se depois passarem por provavelmente Palmeiras e Flamengo nas quartas de final. Neste caso, teríamos semifinais em dois Gre-Nais. Que lindo!

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.