Política

Defensoria Pública de Minas cria programa de prevenção ao bullying

Coordenadora do Mesc e dos projetos “MEN – Machismo entre nós” e “Empodera Teen”, estudantes, diretor e professora da EE Caetano Azeredo

Hoje, é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência na Escola. O bullying acontece de forma velada e com grande poder destrutivo, pois fere a “área mais preciosa, íntima e inviolável do ser – a alma”, afirma a pedagoga, doutora em Educação, pesquisadora de renome nacional e internacional no tema, professora Cléo Fante.
Atenta ao problema, desde 2012, a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) desenvolve o projeto Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar (Mesc) em escolas estaduais. “O Mesc sempre foi um refúgio para mim. Transformou a minha vida para sempre”, destaca a ex-aluna de uma escola da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) e voluntária do projeto há sete anos, Danielle Pereira.
“No Mesc, eu me encontrei. O projeto me transformou, mudou a maneira como eu lido com as pessoas e como me coloco no mundo”, diz ela. Quando a estudante e o agressor encontraram-se no Mesc, o preconceito e a violência deram lugar ao respeito e à empatia.
Crianças e adolescentes vítimas de bullying podem encontram na escola um ambiente mais hostil, onde a prática desse tipo de violência é reforçada, segundo estudo realizado em 2018 pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

Combate ao Bullying – O Dia Nacional de Combate ao Bullying, celebrado em 7 de abril, busca conscientizar sobre a prática, cuja ação maléfica pode provocar enormes traumas aos envolvidos, causando doenças psicossomáticas, transtornos mentais e psicopatologias graves, além de estimular a delinquência e o abuso de drogas.
O relatório “Unicef – An Everyday Lesson: #ENDviolence in Schools” que, em tradução livre para o português significa “Uma lição diária: Pelo fim da violência nas escolas”, afirma que a violência entre colegas ocupa um papel dominante na educação de jovens em todo o mundo. A agressão sofrida no ambiente escolar, física ou psicológica, tem impacto na aprendizagem e no bem-estar dos estudantes, independentemente de residirem em países pobres ou ricos.
No Brasil, um em cada 10 estudantes brasileiros é vítima de bullying. O dado foi divulgado em abril de 2017 pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa). Quando se trata de cyberbullying, o país tem o segundo maior índice de pais e mães que dizem que seus filhos já foram vítimas de bullying na internet.
Realizada em 2018 pelo Instituto Ipsos, a pesquisa constatou que o Brasil, em que 29% dos entrevistados relataram problemas de violência virtual, só fica atrás da Índia, que tem índice de 37%.

Mesc – Há sete anos, a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) lançou o projeto Mediação de Conflitos no Ambiente Escolar (Mesc). Com o slogan “Paz em Ação”, a iniciativa utiliza da técnica da mediação para administrar situações de conflitos e criar alternativas para melhoria da convivência em grupo.
A metodologia fornece instrumentos e mecanismos para que a escola construa o seu próprio processo de mediação.
Um termo de cooperação técnica celebrado entre a Defensoria Pública de Minas Gerais e a Secretaria de Estado de Educação (SEE) possibilita que o Mesc esteja presente em escolas de Belo Horizonte e Região Metropolitana, com resultados efetivos na melhoria do ambiente escolar e na redução dos casos de bullying.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.