DestaquePolítica

Dilma se isola na liderança, e Viana é preferido para 2ª vaga no Senado

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o radialista Carlos Viana (PHS) se consolidaram na liderança da disputa pelas duas cadeiras no Senado que estão em jogo nas eleições deste ano. A nova pesquisa DataTempo/CP2 mostrou uma estabilidade das intenções de voto na petista, que se mantém com larga vantagem na liderança. O levantamento também aponta um crescimento de Viana, que, agora, está isolado na segunda colocação.
Dilma aparece no levantamento com 27,9% da preferência do eleitorado mineiro, um leve crescimento de 1,1 ponto percentual. Na pesquisa realizada em agosto, ela tinha 26,8%. Já Carlos Viana passou de 11,2%, na pesquisa anterior, para 13,3% agora. A alta de 2,1 pontos percentuais foi suficiente para mantê-lo à frente do terceiro colocado, fora da margem de empate. Antes, ele estava empatado tecnicamente com Vanessa Portugal (PSTU), que tinha 8,5% das intenções de voto e despencou para 3,9%.
Quem ocupa o terceiro lugar agora é Rodrigo Pacheco (DEM), que passou de 4,8% para 8%. Ele é seguido por seu companheiro de chapa, o ex-presidente da Assembleia Legislativa Dinis Pinheiro (SD), com 6,3%. Coronel Lacerda (PPL), Fábio Cherem (PDT) e Miguel Corrêa (PT) aparecem em seguida. O militar tem 5,3% das intenções de voto, o pedetista, 4,8%, e o petista, 4,7%. Os três não apareceram no levantamento anterior porque não haviam oficializado as candidaturas.
Rodrigo Paiva, do Novo, vem em seguida, com 4,4% da preferência. Em agosto, tinha 4,6%. Ele está empatado com Bispo Damasceno (PPL), que também aparece pela primeira vez na pesquisa. Já Túlio Lopes (PCB) cresceu 1,2 ponto percentual e agora tem 3,7% das intenções de voto, contra 2,5% em agosto.
Como a margem de erro da pesquisa é de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos, Rodrigo Pacheco, Dinis Pinheiro, Coronel Lacerda, Fábio Cherem, Miguel Corrêa, Rodrigo Paiva, Bispo Damasceno, Vanessa Portugal e Túlio Lopes estão em situação de empate técnico.
Completam a lista Kaká Menezes (Rede), com 1,7%, Ana Alves (PCO), com 1,4%, seguidos por Duda Salabert (PSOL), que alcançou 0,9%, e Edson André (Avante), que foi citado por 0,6% dos entrevistados. Os votos brancos e nulos somaram 26,5%.Não souberam ou não responderam 14,6% das pessoas ouvidas pela pesquisa.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.