Geral

Diretoria da ABCZ indica Rivaldo para presidência da entidade

O pecuarista e atual diretor administrativo da ABCZ, Rivaldo Machado Borges Júnior, foi indicado por unanimidade pela diretoria 2016-2019 para concorrer à presidência da entidade para o próximo triênio. A indicação foi feita durante reunião realizada esta semana na sede da entidade em Uberaba.
Em comunicado oficial assinado pelo atual presidente Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, a escolha de Rivaldo Machado é justificada por uma série de atributos. “É pecuarista bem-sucedido, empresário, empreendedor, atuante, incansável colaborador do nosso segmento e demonstra muita vontade, qualidade e competência para liderar esta importante entidade na sua próxima administração”, afirmou Arnaldo Manuel.
Natural de Uberaba, o candidato à presidência da ABCZ é Engenheiro Civil por formação, empresário do segmento de produtos siderúrgicos, e carrega no sangue a vocação para a pecuária. Filho e neto de produtores rurais, Rivaldo dá continuidade ao tradicional e centenário trabalho de melhoramento genético de Nelore PO da família, seleção que comanda desde 1989 através da Fazenda Mateira.
Sempre atuante na política classista, Rivaldo Machado foi presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Uberaba por 12 anos – de 2001 a 2013. Como resultado do trabalho forte desenvolvido na região, foi convidado a integrar a Diretoria da FAEMG, Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais, onde ainda hoje exerce o cargo de vice-presidente.
Na ABCZ, como membro da diretoria desde 2013, ficou reconhecido pelo empenho ao Pró-Genética, pelo qual ajuda a democratizar o acesso à genética de qualidade, com promoção de eventos comerciais voltados para pequenos e médios produtores com condições especiais amparadas por instituições financeiras parceiras. Sob o comando de Rivaldo, o programa chegou a mais estados e conseguiu a dobrar de tamanho em apenas um ano. Só em 2018, foram mais de 100 feiras e 65 leilões com a comercialização de mais de 5 mil touros.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.