NotíciasPolítica

Durante palestra em Uberaba, Frei Betto mostra que Política é Bíblico

Quem esteve nesta segunda-feira noite com Frei Betto, em Uberaba, teve uma aula imperdível de política. Transitou por capítulos e versículos da Bíblia Sagrada, para mostrar que a política é intrínseca ao ser humano e que até Jesus foi vítima dela. “Jesus foi assassinado entre dois bandidos, porque dentro do Reino de César ele alimentava o Reino de Deus”. Aqui, Frei Betto começa a mostrar a presença da política traçando o confronto entre interesses. E para confirmar isto ele continua:” Qual é a proposta de Jesus? Para alguns, uma igreja, para outros, o Cristianismo, e para outros, o Reino de Deus, que eu aponto como verdadeira já que é a mencionada na palavra de Deus. Com as alternativas, Frei Betto mostra claramente que a política traça a religião. E conclui: é fácil dizer que o evangelho não tem nada a ver com política, pois saibam que a política não tem separação da vida!
Espiritualidade – Somente a política pode libertar e acabar com a causa da miséria. Se um mendigo vai à porta e dou-lhe um prato de comida, eu mato a fome momentânea dele, mas ele não deixou de ser mendigo, explica Frei Betto perguntando: qual é a nossa fé? Qual a espiritualidade que eu tenho? Ajudar mais pessoas, fazer o bem coletivo, exige movimentos sociais. “Ame ao senhor seu Deus e ao próximo como a si mesmo, faça isso e viverá”, disse Jesus. Frei Betto aproveitou aqui para levar as pessoas a uma reflexão: “Quem é o meu próximo se não o próximo do meu próximo, do próximo dele, e do próximo? Que tenhamos um mundo de misericórdia e de Paz. Que aproveitemos o voto para melhorar a condição humana”.
Dúvidas – Frei Betto abriu um espaço para as perguntas e assim muitas pessoas tiveram a oportunidade de colocar suas dúvidas. Fabiano Lopes fez o seguinte questionamento: “Frei Betto, estamos vivendo um momento onde quando tentamos levar ou fazer a consciência Política, somos mal interpretados e tratados com ódio. Como o senhor vê essa situação?”. A resposta veio com a sabedoria que lhe é peculiar. “Guardemos o pessimismo para dias melhores.” A senhora Claricinda também fez uma pergunta polêmica: por que Jesus diz que é mais fácil passar um camelo pela agulha que um rico entrar para o Reino de Deus? Ele assim respondeu: “Jesus não tem preconceitos. Jesus ama os ricos e os pobres, mas não ama o egoísmo. É bom esclarecer que não existem pobres, mas pessoas empobrecidas pela condição humana. Ninguém escolheu a classe social que vive, e observe o bem-estar que sente quando faz algo ou um bem para alguém”, disse Frei Betto.
E em meio a tantas outras perguntas, uma questão talvez inesperada feita pelo Deputado Adelmo Leão, que fez questão de prestigiar a palestra de Frei Betto juntamente com sua esposa D. Linda. “Qual a relação que se pode estabelecer dos Direitos humanos na defesa dos criminosos? Como o senhor analisa essa questão?”, perguntou. Frei Betto preferiu levar a resposta para o campo da reflexão: “Os preconceitos estão aí e o Papa Francisco vem demonstrando”. O Deputado fez questão de cumprimentá-lo e falar da sua amizade e admiração, dizendo muito ter aprendido com as suas palestras como defensor das causas humanas. “Frei Betto sempre afirma que a melhor forma de resolver as questões humanas, é conhecendo as causas e eu concordo com ele”, disse Adelmo Leão.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.