Estado de Minas

Emater-MG e Banco Nordeste firmam acordo de cooperação técnica para atendimento de crédito rural

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) vai prestar assistência técnica a agricultores familiares de 168 municípios do Semiárido mineiro (Norte, Vale do Jequitinhonha e Mucuri), atendidos pela linha de crédito Agro Amigo, do Pronaf. Uma cooperação técnica entre a Emater-MG e o Banco Nordeste foi firmada na segunda-feira (13), na sede da empresa, em Belo Horizonte.
Pelo acordo, a Emater-MG deverá atender inicialmente, pequenos produtores que contraíram até 1,7 mil contratos de créditos, em 2018, num total de R$ 13 milhões. Mas a empresa tem potencial de novos negócios para prestar orientação técnica, que podem chegar aos R$ 50 milhões da carteira do banco, destinada ao estado.
O diretor-presidente da Emater-MG, Gustavo Laterza, comemorou a cooperação com a instituição financeira, lembrando que, desde a sua criação, ainda com o nome de Associação de Crédito e Assistência Rural (Acar), a Emater-MG atende produtores rurais que precisam desse tipo de incentivo. “A Emater nasceu do crédito rural, buscando parcerias com agentes financeiros. Defendemos então que, com financiamentos e projetos rurais consistentes e bem orientados, podemos potencializar o trabalho da ação extensionista no campo, promovendo a melhoria de renda da família rural”, argumentou.
Para o dirigente da Emater-MG, produtores contemplados com a política pública do crédito rural também ajudam a movimentar a economia local dos municípios, com os recursos dos projetos, que seriam injetados no comércio e em outros segmentos do mercado, na região.
O superintendente regional do Banco Nordeste, José Nilton Castro Martins, destacou o acordo, lembrando que as regiões Norte, Vale do Jequitinhonha e Mucuri representam 35% do território mineiro, o que ressalta a importância de se trabalhar nesta colaboração. “Esse território mineiro corresponde de três a quatro estados juntos do Nordeste. Por isso a participação da Emater, com seus escritórios, suas equipes qualificadas, nos dá a capacidade de chegar a todos os 168 municípios para atender aos micros e pequenos produtores”, avaliou.
José Nilton aposta no crescimento da oferta de crédito rural no estado; na queda de inadimplência nesta linha de crédito e no sucesso dos projetos que serão assistidos pela Emater-MG. “Com esse acordo acredito que vamos estimular mais o crédito nesses municípios e, como ele será assistido e orientado pela Emater, vamos evitar desvios, incompetência de produção e inadimplência, pois as pessoas terão mais capacidade de cumprir seus compromissos com o crédito”, argumentou.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.