Fabiana SilborSocial

Fabiana Silbor

Bem vindo!
Bem vinda.

Communicatio
Do latim comunicação – “tornar comum”.

O que precisamos tornar comum?
Abraços. Sorrisos. Gentilezas.
Doçuras. Educação. Consideração.
Alegrias. Zelos. Amizades.
Respeito. Tudo sinceramente.

Fazer amor é administrar uma vida digna.
Recheada de sonhos e de realizações.
Investir nas relações como o mais importante.
Uma construção de sentimentos verdadeiros.

Você se torna o que faz!
E como você faz lhe define.
E quem fala e faz o que diz, merece ser feliz.
Porque a vida é curta e demais para ser desperdiçada com quem vive de faz de conta e nada mais!

Faça as pessoas felizes de verdade
Todos os dias, temos péssimas situações para administrar. E parte, da responsabilidade desse desencontro coletivo, que assola a humanidade, produtor de angústias e desistências, é dos pais. Casais que, egoisticamente, querem ter filhos, mas ignoram que, gerar uma pessoa, é “dar a vida”, literalmente: querer a felicidade de alguém embute compreender, o que faz essa pessoa feliz?

A gente é o que faz
Quem acredita que, consegue cuidar de outro ser humano precisa, no mínimo, ser consciente que é pelo exemplo que se educa. Que formar alguém para o mundo, é oferecer um alicerce de amor, com limites e bom senso para desenvolvimentos físico, intelectual, moral e emocionalmente saudáveis. Ajudar a crescer, como um indivíduo do bem, que tem valores, que se importa com o outro.

Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é
Coisa mais feia é ficar dando palpite na vida de uma pessoa tão importante, assim. Qual a melhor profissão… Qual o jeito correto… Quem sabe isso é, somente, quem irá viver 10, 15 horas numa rotina de desafios. Tem tantos profissionais ruins, incompetentes, frustrados, porque se submeteram àquilo que “era o melhor para eles”! Para. No mundo tem oportunidade de sucesso para todos. Isso tudo é tão ultrapassado e mesquinho, achar que, somente, alguns são sucesso.

Omitiram dos códigos, mas amor é um direito incontestável
Do mesmo jeito, a antiga celeuma quando o filho inicia a vida sexual. Inclusive, esse é um assunto proibido. As pessoas deviam entender que relações que nos dão progresso se fazem com gente bacana. Gente, que tem boas intenções, atitude ética, estuda, trabalha para evoluir financeiramente, sim. Mas, inclusive, intelectualmente, socialmente, espiritualmente, etc. Agora, se é homem, se é mulher, isso é uma escolha pessoal. Que mediocridade ficar dizendo o que é certo e o que é errado em relação ao amor. Tenha dó. Queria ver é quem tem a coragem de mostrar a vida conjugal dessas pessoas cheias de preconceito, para ver se elas são tão felizes assim, para ficar ditando modelo para os outros. Porque falar, até papagaio fala. Ninguém tem uma vida tão fantástica para ficar apontando dedos. Transparência, por favor.

Que eu tenha uma vida singular.
Com originalidade em cada detalhe.
Aproxime-me dos que são ilustrados, de verdade

Cuidar da própria vida é uma benção
Com tanta corrupção, tanta informação, tanta liberdade, o povo quer cuidar da existência alheia. Chegou a hora de cuidar mais da própria vida e se quiser cuidar de outra pessoa, que seja com afeto e respeito. Por exemplo, se o outro é careca, baixo, gordo, e daí? Somos pessoas diferentes, graças a Deus. Cada um tem atributos próprios. E a beleza, mais do que na estética, está no coração de quem sabe olhar no espelho e reconhecer as próprias necessidades ao invés de ficar destilando veneno barato para entristecer ou humilhar. Aliás, sobre gordura, posso falar de experiência própria, que se alguém se sentir constrangido, procure um advogado competente e processe. O corpo é seu. E ninguém tem o direito de provocar dor por causa das próprias pequenezes. A lei cai como luva para esse povinho. E sim, obesidade é doença, cinismo, também. E em um mundo globalizado, com milhares de coisas acontecendo por minuto, se alguém te julgar só pela aparência, sai de perto que é cilada. Melhor viver longe de gente rasa. Livramento divino.

Faça-me fruto de jardins coloridos e de flores especiais.
Ilumine meu dia de palavras marcantes recheadas de amor.
Dê-me compaixão: tenho preguiça de gente sem ter o que fazer

Bondade nunca será fraqueza
Pare de se iludir com aquilo que as pessoas parecem ser. Dentro de cada um gritam verdades incontestáveis. Numa sociedade hipócrita como a nossa vai se vivendo de falsidades. Mas o universo é poderoso demais para fazer esse jogo baixo. Aqui se faz, aqui se recebe ou se paga. Então pare de achar que só porque a pessoa ostenta ela está bem. Às vezes, por traz de tanta aparência há uma avalanche de desilusões.

Muita gente é mestra em se mostrar ao contrário do que é
Mas o tempo, senhor de todas as verdades e mentiras, traz, mais cedo ou mais tarde a safra da semente plantada. E quem vive como Pilatos, lavando as mãos, pautado na indiferença, sem se posicionar, fica para a história como o ridículo que nunca impediu o brilhante, que mesmo depois de morto, venceu.

Ser sempre será maior do que ter
Todo mundo parte um dia, e, com todo respeito aos dogmas individuais, essa é a certeza. Por isso, nada, nunca será maior do que o momento sagrado do enfrentamento com si mesmo, ter orgulho de quem você se tornou, para si mesmo, que dirá para o outro, diante do silêncio que grita autenticamente na consciência é o máximo.

Pabulagem dos covardes.
Vade-retro com sua inveja faceira.
Mau sintoma de cobiçar a habilidade alheia.
Abrenúncio toda infestação de raiva pela incapacidade.
Tarrenego o desperdiçar da vida.
Viva o domingo, viva!

Beijos. Fabiana Silbor

Aproxime-me dos construtores de um mundo melhor.
Permita que eu seja bom sendo útil.
Dê-me aceitação e o dom do descarte
Que eu aprenda a ser extravagante, original, nunca ordinário.
Proteja as minhas escolhas, as salve de serem reles.
Ensine-me a dar vivas aos encantadores, que laboram melhoras em si
Uma ode aos surpreendentes com conteúdo.
Una-me aos que acrescentam.
E que Deus me livre, dos males, sobretudo dos vulgares

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar