Cidade

Fazu lança Grupo de Pesquisa em Geotecnologias e Mecanização

Fazu lança Grupo de Pesquisa em Geotecnologias e Mecanização em Agricultura de Precisão

A Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba) lançou na última semana o Grupo de Pesquisa em Geotecnologias e Mecanização em Agricultura de Precisão (GMAP). Os professores, MSc. Matheus Oliveira Alves e MSc. Francisc Henrique Silva, são responsáveis pelo grupo. O objetivo é incentivar os alunos a pesquisar sobre o uso de novas tecnologias utilizadas na área agrícola, visando formar bons profissionais que possuam conhecimentos teóricos e práticos em Agricultura de Precisão, integrando ensino, pesquisa e extensão. Acadêmicos de vários períodos da Agronomia já integram o GMAP. A primeira reunião do grupo aconteceu na última semana. Interessados em participar, procurar os professores Matheus ou Francisc.
As geotecnologias, é o conjunto de tecnologias para coleta, processamento, análise e disponibilização de informações com referência geográfica, denominadas tecnicamente de georreferenciadas. São poderosas ferramentas para tomada de decisão. Dentre as geotecnologias, estão os SIG – Sistemas de Informação Geográfica, a Cartografia Digital, Sensoriamento Remoto, Sistema de Posicionamento Global (GPS – Global Positioning System), Aerofotogrametria, Geodésia, e a Topografia Clássica, entre outros.
Agricultura de Precisão Internacionalmente chamada de Precision Agriculture, Precision Farming ou Site-Specific Crop Management. A agricultura de precisão permite um acompanhamento metro a metro de sua lavoura, possibilitando uma ação localizada em cada pequeno lote, tratando então cada uma destas áreas segundo a necessidade. Assim, você aumenta sua rentabilidade, além de ajudar a proteger o meio ambiente.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.