DestaquePolítica

Feira do Produtor Rural de Uberaba e Região é instituída pela Prefeitura

Prefeitura de Uberaba publicou no Diário Oficial do Município – Porta Voz desta quarta-feira (8) o decreto que institui a Feira do Produtor Rural de Uberaba/MG e Região e aprova o Regimento Interno de Funcionamento e Participação da Feira. A publicação discorre sobre o funcionamento da Feira, tipos de produtos que podem ser comercializados, localização e horários, fiscalização, atribuições da Prefeitura e da Emater-MG, inscrição de produtores interessados, transgressões e penalidades, entre outros.
Em maio, foi realizada a primeira edição da Feira, durante o 16º Encontro de Bons Negócios da Certrim, como forma de apresentação do projeto. A Feira deverá ser implantada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio (Sagri), em parceria com a Cooperativa dos Empresários Rurais do Triângulo Mineiro (Certrim) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) Uberaba. Ela acontecerá na Avenida Campo Formoso, no São Benedito, local cedido e regulamentado pela PMU, no segundo sábado de cada mês, das 7h às 12h, nos primeiros seis meses, podendo ser ampliado para funcionamento no quarto sábado de cada mês, após esse período.
O objetivo da Feira do Produtor Rural de Uberaba/MG e Região é oferecer um espaço destinado à venda a varejo direta do pequeno e médio produtor de produtos hortigranjeiros (hortaliças, frutas, plantas medicinais, condimentos, ovos, aves e mel), produtos agroindustriais (leite, carnes, frutas, hortaliças, farináceos, cachaça artesanal, pescados, doces caseiros, polpas de frutas, farinha, açúcar mascavo, animais vivos de pequeno porte, desde que, estejam legalizados junto aos órgãos fiscalizadores. Para mais informações, o decreto pode ser acessado pelo link do Porta Voz, no site da Prefeitura de Uberaba, http://www.uberaba.mg.gov.br/.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.