ColunasReflexões

FELIZ ANIVERSÁRIO, FLORIANÓPOLIS

Florianópolis completa mais um aninho, neste 23 de março. São 346 anos desde a sua fundação, em 1673. As comemorações incluem a inauguração do Elevado Rio Tavares (finalmente!), inauguração do sistema de limpeza do mar da Beira-mar Norte e lançamento do pacote de 135 milhões de reais em obras para a capital – que, cá pra nós, não é presente, é obrigação do poder público.
Mas nada da entrega da ponte Hercílio Luz, nem nada com respeito às pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Sales, que estão sem manutenção desde que foram inauguradas e, desgastadas, oferecem risco aos usuários.
Mas Florianópolis é mágica, não só pelo mito das bruxas, criado por Cascais, mas pelas suas belezas naturais, e merecia ser mais comemorada. A capital catarinense tem dezenas de praias belíssimas, tanto na ilha quanto no continente: praias de águas mansas ou de mar agitado, de acesso fácil ou por meio de trilhas, com infra-estrutura ou semi-desertas. Tem a Lagoa da Conceição: “Num pedacinho de terra/beleza em par!/Jamais a natureza/reuniu tanta beleza/jamais algum poeta/teve tanto pra cantar!”, como já dizia Zininho, em seu “Rancho de Amor à Ilha”, hino oficial de Florianópolis. Tem também a Ponte Hercílio Luz, que apesar de não ser mais usada é o cartão postal da cidade, conhecido no mundo todo e tombada como patrimônio histórico e artístico. O poder público promete devolvê-la aos florianopolitanos, mas a data sempre é empurrada para frente. A penúltima promessa foi 2018. Não entregaram.
Tem as rendeiras, tradicionais, que ainda fazem a renda de bilros, criando peças belíssimas. Tem a velha figueira, centenária, na Praça XV, a receber todos sob seus tantos longos braços, outro cartão postal. Tem os manezinhos, nativos da ilha, gente acolhedora e alegre que faz desta terra um lugar feliz. Infelizmente, a violência e a insegurança aumentam nesse pedaço de chão privilegiado.
Essa terra, abençoada por tanta beleza, cativa a gente de tal maneira, que uma vez aqui, é difícil ir embora, é difícil deixá-la.
Parabéns, Florianópolis, por mais um aniversário. Beijo o teu chão e desejo, veementemente, que a tua beleza maculada com a violência e a ganância, com desamor e desprezo pelo ser humano e pela natureza deixe de ser refém de criaturas indignas e de todos aqueles que a ferem, para que, num futuro próximo, possamos comemorar com mais alegria o seu aniversário.

Luiz Carlos Amorim – Escritor, editor e revisor, Fundador e presidente do Grupo Literário A ILHA, que este ano completa 39 anos de literatura, Cadeira 19 da Academia Sulbrasileira de Letras. http://lcamorim.blogspot.com.br – Http://www.prosapoesiaecia.xpg.uol.com.br

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fechar