Esportes

Futevôlei movimenta às noites do Uirapuru

Coordenadores técnicos do futebol e futevôlei, Estevão. Vitor Jabuti, Guilherme, Lalazinho, Carlos Júnior, Eder e Dedê

O Complexo Esportivo Walter Detoni, inaugurado em setembro de 2018, no Uirapuru Iate Clube, conta com duas quadras oficiais de futevôlei e uma mini quadra. O Departamento de Futevôlei é a grande sensação do clube na atualidade. Lalazinho (Laerte Lima Neto), campeão Brasileiro e Mundial 2018, e atualmente o primeiro do ranking no brasileiro de 2019, conta com total apoio do diretor geral, Gustavo Terra, e movimenta as noites do clube com esse esporte que cresce a cada dia, não apenas no clube, mas em todo o Brasil.
De acordo com William Kepler, aproximadamente 60 atletas concorrem diariamente para alcançar o pódio e ser campeões. Prova disso é a excelente performance deles nos últimos torneios disputados. O Uirapuru participou em menos de seis meses de quatro torneios e conseguiu pontuar em todos eles como campeão, vice e terceiro colocado.
A contratação do Lalazinho, segundo Kepler, deu vida ao clube com seu dinamismo e forma peculiar de treinar os interessados no esporte. Dono do título de campeão do último campeonato mundial disputado na França, ele também lidera o ranking do campeonato brasileiro dividido em etapas. Nas quatro disputadas, Lalazinho tem 820 pontos bem acima do segundo colocado e para o UIC, contar com o campeão em seus quadros, é um orgulho. Ele ministra aulão gratuito toda terça e quinta, a partir das 17h30 às 20h, apenas para associados. É um esporte novo e o número de praticantes tem surpreendido os diretores. Segundo Kepler, a procura é intensa. O clube fez o torneio início recentemente e alcançou enorme sucesso. E vem mais uma boa novidade para atletas e frequentadores: no dia 31 deste mês será inaugurada a choperia Kmarott Beer. “O momento esportivo do Uirapuru é ímpar e isso é excelente, tanto para a diretoria como para os associados”, comenta Kepler.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.