Cidade

HC-UFTM capacita cuidadores do Lar São Vicente de Paulo

Encerrado curso para cuidadores do Lar São Vicente de Paulo realizado pelo HC-UFTM

Na quarta-feira (27), chegou ao fim um curso realizado pelo Hospital de Clínicas da UFTM no Lar Acolhida São Vicente de Paulo. Foram 12 encontros, ao longo de 2018, que levaram atualização profissional a 16 cuidadores, técnicos de enfermagem e enfermeiros que trabalham na instituição de longa permanência para idosos.
A iniciativa é um desdobramento do evento Ebserh Solidária, promovido em novembro de 2017 por 38 hospitais universitários federais vinculados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. Na ocasião, houve um mutirão nacional de atendimentos, direcionado para públicos com dificuldade de acesso a serviços de saúde, em todo o país. Em Uberaba, a ação contemplou o Lar São Vicente.
“A partir daquela experiência, a Direção do Hospital de Clínicas decidiu oferecer um apoio mais duradouro àquela instituição. No campo da formação continuada, elaboramos a atualização de temas de saúde para os cuidadores de idosos. É um público que, em geral, aplica o que aprendeu ainda na formação inicial. Daí a importância de criar essa oportunidade de aprimoramento no local de trabalho”, explica a coordenadora do Serviço de Educação em Enfermagem do HC, Thaís Santos Guerra Stacciarini.

Temas – Segundo Stacciarini, participaram da iniciativa 12 profissionais e residentes do Hospital, de áreas como terapia ocupacional, fisioterapia, fonoaudiologia, educação física, enfermagem e nutrição. “No primeiro encontro, os alunos do curso elegeram os tópicos relevantes para eles, e partir de então foi estruturado o plano de capacitação”, detalha.
Entre os assuntos enfocados estiveram tratamento de diabetes, cuidados com o leito, hipertensão arterial, prevenção de quedas, higiene oral, alimentação na terceira idade, Alzheimer e cobertura de feridas, conta Núbia Tomain Otoni dos Santos, do Serviço de Educação da Unidade de Reabilitação do HC.
De acordo com Santos, cada aula teve uma hora de duração, reunindo os dois turnos de cuidadores. Os temas foram tratados com base em material impresso, mas a abordagem privilegiada foi a demonstração prática de técnicas e também o manuseio de equipamentos utilizados na atenção à saúde.
O terapeuta ocupacional Paulo Estevão Pereira ministrou a última aula, propondo atividades lúdicas para lazer dos idosos, de modo a incentivar a memória, a capacidade auditiva e a precisão cognitiva. Um bingo com cartelas que continham personagens citados em trechos de músicas encerrou o encontro. O prêmio para cada rodada foi um abraço, vínculo afetivo essencial para pessoas institucionalizadas.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.