DestaquePolítica

Ibope MG: Anastasia 31%, Pimentel 22%, Zema, 7%

Pesquisa do Ibope divulgada para intenções de votos nos candidatos ao governo de Minas apontou o senador Antonio Anastasia (PSDB) com 31% da preferência dos eleitores contra 22% do governador Fernando Pimentel (PT).
Em terceiro lugar vem o candidato do Partido Novo Romeu Zema, com 7%, seguido de João Batista Mares Guia, da Rede, com 2%. Os candidatos Claudiney Dulim (Avante), Dirlene Marques (PSOL), Jordano Metarlúrgico (PSTU), Adalclever Lopes (MDB) e Alexandre Flach (PCO) tiveram 1% das intenções de voto cada.
De acordo com o Ibope, 19% dos entrevistados afirmaram votar em branco ou nulo. Outros 13% ainda não sabem em quem votar para o governo de Minas. A pesquisa, a primeira após o início da propaganda eleitoral de rádio e TV, foi encomendada pela TV Globo.
A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. Entre 9 e 11 de setembro foram ouvidos 1.512 eleitores de 91 cidades mineiras. O nível de confiança da pesquisa é de 95%.
O Ibope fez também um levantamento espontâneo com os entrevistados, em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos. Na espontânea, o candidato Anastasia teve 15% das intenções de voto; seguido de 8% do Pimentel; 4% para Romeu Zema; 1% para João Batista Mares Guia e Dirlene Marques.

Segundo turno – Na simulação para o segundo turno, Antonio Anastasia também vence Fernando Pimentel, com 41% das intenções para o tucano e 29% para o petista.
O Ibope mediu ainda a taxa de rejeição dos candidatos, em que o eleitor diz em qual dos candidatos ele não votaria de jeito nenhum. Pimentel foi rejeitado por 36% dos entrevistados; seguido de Anastasia, com 22%; Romeu Zema, com 11%; João Batista Mares Guia, com 9%; Adalclever Lopes, Claudiney Dulim e Dirlene Marques foram rejeitados por 8% cada.
Alexandre Flach e Jordano Metarlúrgico tem rejeição de 7%. Entre os entrevistados 8% afirmaram que não rejeitam nenhum dos candidatos.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.