Esportes

Jadson justifica escolha pelo Cruzeiro e passagem sem sucesso pela Europa

Volante, que não foi bem na Udinese, da Itália, foi apresentado pelo Cruzeiro nessa semana

O volante Jadson, que defendeu o Fluminense no ano passado, foi apresentado como reforço do Cruzeiro nessa terça-feira, na Toca da Raposa. Envolvido em negociação que terminou com a ida de Bruno Silva para o Tricolor, o jogador revela que teve propostas de outros clubes do Brasil e do exterior, mas que a escolha pelo atual campeão da Copa do Brasil se deu em função da vontade que o clube demonstrou em contar com ele.
“Tive sondagens e conversas para fora do Brasil. Mas a vontade que o Cruzeiro teve contou bastante. Não pensamos duas vezes e pensamos em vir para cá. Vai ser um ano produtivo para mim e para o Cruzeiro”, explicou.
Caso tivesse optado por aceitar uma das propostas do exterior, não seria a primeira vez em que Jadson jogaria fora do Brasil. Depois de boas temporadas com a camisa do Botafogo, ele foi vendido à Udinese, da Itália, em 2013, quando tinha 20 anos. Retornou ao Brasil em agosto de 2015 para defender o Atlético-PR. Apesar de ter ficado dois anos no Velho Continente, entrou em campo apenas uma vez. O volante credita o insucesso ao fato de ter sido vendido muito jovem. “Acho que o fator determinante para não ter dado certo é ter saído jovem. Não estava pronto para um desafio daquele”.
Jadson tem contrato com o Cruzeiro até o fim de 2021, com possibilidade de renovação por mais um ano. Neste início de ano, vai ter concorrência de Ariel Cabral, Éderson, Henrique, Lucas Romero e Lucas Silva por uma vaga entre os titulares.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.