Esportes

Justiça bloqueia transferências do Flu por caso Richarlison

O Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo determinou a penhora de R$ 10.540.074,28 do Fluminense e o bloqueio de transferências de jogadores nos sistemas de Gestão CBF e Fifa TMS em razão do processo movido pelo Real Noroeste, do Espírito Santo, pelas vendas de Richarlison para o Watford-ING e, posteriormente, para o Everton-ING. O América-MG também cobra valores do Tricolor na Justiça sobre a venda do atacante. O clube capixaba alega que o Tricolor não repassou integralmente valores referentes aos 20% que detinha de direitos econômicos jogador. Tais direitos eram divididos da seguinte forma: 20% do Real Noroeste, 30% do América-MG e 50% do Fluminense.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.