DestaquePolícia

Mãe acusada de abandonar criança em lixeira é presa pela PM

Juliano Carlos

Mulher de 25 anos acusada de abandonar a filha recém-nascida em uma lixeira em via pública, na segunda-feira (1º), foi presa pela Polícia Militar ontem. Ela confessou o crime e foi levada para a delegacia.
A prisão da faxineira M.C.N.B., 25 anos, aconteceu quando, segundo informações do tenente PM Bruno Santiago, os militares do 67º Batalhão de Polícia Militar (BPM), juntamente com policiais civis, realizaram levantamentos e conseguiram imagens mais nítidas da suspeita em via pública. Eles ainda receberam denúncias anônimas de uma funcionária de uma revendedora de veículos da avenida Nenê Sabino, a qual informou que na tarde de segunda-feira (1º) a suspeita solicitou um Uber e foi embora alegando dores na barriga e que hoje pela manhã ela retornou ao trabalho com a barriga bem menor, o que gerou suspeita, já que o caso foi muito comentado em toda a cidade. Os policiais foram até a revendedora de veículos e detiveram a suspeita. A princípio ela negou o crime, mas quando os policiais mostraram as imagens, ela confessou que abandonou a filha na lixeira.
Em entrevista à reportagem do JORNAL DE UBERABA, a mulher confessou o crime e disse que não tinha condições de “criar” a filha. Ela disse ainda que manteve relações sexuais com mais de um parceiro e não sabe quem é o pai. Ela afirmou que estava arrependida. “Estou arrependida pelo que fiz, mas não tinha condições de criá-la” desabafou. A acusada de abandono de incapaz foi presa em flagrante, levada para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil e apresentada ao delegado de plantão, Ciro Outeiro, para esclarecimentos.
O crime – A criança recém-nascida foi abandonada na noite de segunda-feira na rua Ângelo Sbória quando câmeras de segurança flagraram a mulher caminhando com uma sacola nas mãos e em determinado momento foi até a lixeira e deixou a a mesma sacola com o bebê dentro. Moradores da via foram até a lixeira e um deles ouviu o choro da criança. Eles acionaram o socorro e uma ambulância de Unidade de Suporte Básico (USB) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi ao local e durante os atendimentos a equipe constatou que a criança não tinha nenhum ferimento. A menina foi socorrida e encaminhada para o pronto socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM). Segundo a assessoria de imprensa do HC/UFTM a menina está estável e em boas condições de saúde e passará por exames de imagem de cabeça, olhos e coração como procedimentos de rotina. Por enquanto, ela segue internada.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.