Esportes

Mancuello entra na mira do Toluca-MEX

Contratado no início de 2018, Mancuello fez 38 jogos com a camisa celeste e marcou três gols

Nada de Boca Juniors, San Lorenzo ou Independiente. O destino de Mancuello, de acordo com o canal de TV argentino TyC Sports, deverá ser o Toluca, do México. Na quinta-feira, o veículo informou que o meio-campista do Cruzeiro telefonou ao técnico da equipe de Boedo, Jorge Almirón, para dizer que não será vendido ao San Lorenzo.
Ainda de acordo com a nota, o Cruzeiro não está disposto a esperar mais uma definição das equipes argentinas interessadas na contratação de Mancuello. Por esse motivo, o clube celeste deverá aceitar uma oferta do Toluca. A proposta dos mexicanos pela totalidade dos direitos ecômicos do camisa 21 teria superado 1 milhão de dólares.
Na quarta-feira, o ex-jogador Leandro Romagnoli, gerente de futebol do San Lorenzo, havia mostrado otimismo com a possibilidade de contratar Mancuello. “Confiamos que vamos fechar sua chegada”, disse o agora dirigente em entrevista à Rádio La Red, também da Argentina.
No último domingo, o Diário Olé apontou que o San Lorenzo havia aumentado a oferta por Mancuello. De acordo com o diário, o valor da proposta subiu de US$ 500 mil para US$ 800 mil (cerca de R$ 3 milhões). Em janeiro de 2018, o Cruzeiro comprou 60% dos direitos econômicos do camisa 21 por US$ 1,8 milhão (cerca de R$ 6 milhões).
Mancuello tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2020. Com a camisa celeste, o jogador fez 38 jogos e marcou três gols. Ele conquistou o Campeonato Mineiro e a Copa do Brasil deste ano. A última temporada do meio-campista pelo futebol argentino foi em 2015, quando se destacou pelo Independiente.
Oficialmente, o Cruzeiro não comenta as negociações em curso.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.