Política

Marão pede que servidores estaduais tenham mais prazo para o pagamento do IPTU 2019

O presidente da CMU enviou ofício endereçado ao prefeito Paulo Piau para que analise o pedido

Preocupado com os atrasos dos pagamentos dos salários dos servidores estaduais, o presidente da Câmara Municipal, Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSD), encaminhou nesta quarta-feira (16) um ofício ao prefeito Paulo Piau. O representante do Legislativo pede ao chefe do Executivo que o prazo do vencimento com desconto no IPTU 2019 seja prorrogado para os servidores do Estado.
O vereador destacou ser de conhecimento público e divulgado pela mídia, a grave dificuldade que os servidores vêm enfrentando, sem receber o 13º salário e ainda com os salários atrasados e parcelados. “Marão” lembra que tudo isto compromete o cumprimento das obrigações, como o pagamento de impostos.
O atual governador, Romeu Zema, manteve no mês de janeiro o mesmo cronograma de pagamento que vinha sendo mantido pelo ex-governador Fernando Pimentel.
No dia 14 foi pago até R$ 2 mil para todos os servidores, incluindo aposentados e pensionistas. No dia 21 será depositada mais uma parcela de até R$ 1 mil, mas apenas para servidores da saúde e segurança pública.
Já os servidores que ganham mais de R$ 2 mil e não pertencem a nenhuma das duas áreas, receberão o restante do salário apenas no dia 28 de janeiro.
O governador tem divulgado que vai fazer de tudo para regularizar os pagamentos o mais breve possível. Os parcelamentos dos salários tiveram início em janeiro de 2016, quando o então governador Pimentel decretou estado de calamidade financeira em Minas.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.