Cidade

Meio Ambiente autua proprietário de imóvel no Abadia

Diante de denúncia de supressão de árvore recebida na Secretaria de Meio Ambiente e também pela imprensa local, equipe de fiscalização imediatamente foi ao bairro Abadia para avaliar as espécies arbóreas citadas na queixa. Verificou-se na visita dos agentes da Semam que o fato ocorreu no fim de semana e de acordo com o secretário de Meio Ambiente, Marlus Salomão, não houve supressão de árvores e sim poda drástica, quando é retirado mais de 30% da copa de árvore, o que gerou penalidades tanto para o proprietário do imóvel, quanto para o prestador de serviço que executou. “O proprietário incorreu em crime ambiental de acordo com a Lei Complementar 389/2008 do Código Municipal do Meio Ambiente, sendo autuado em 30UFMs, equivalente a R$ 8.200,5 e ainda notificado a apresentar a destinação correta do material lenhoso, ou seja, os resíduos de poda, sob pena de também ser enquadrada em mais um ato infracional, caso não comprove a destinação ambientalmente correta dos resíduos”, pontua o secretário.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.