Estado de Minas

Monitoramento em tempo real do Transporte Metropolitano

A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas está investindo, desde o início do Governo Romeu Zema, na otimização e ampliação do Centro de Controle Operacional (CCO) do Sistema de Transporte Metropolitano. Instalado em uma sala especial dentro das dependências da secretaria, o CCO recebe informações em tempo real, transmitidas por computadores de bordo instalados nos ônibus das linhas metropolitanas e pelas câmeras dos terminais.
Entre os dados obtidos estão: horários de partidas e chegadas dos ônibus metropolitanos; viagens programadas e realizadas; atrasos das linhas; deslocamento em tempo real dos veículos e acompanhamento dos itinerários percorridos.
Um sistema de Circuito Fechado de Televisão envia imagens das câmeras instaladas nas estações de transferência e de alguns terminais metropolitanos para o CCO, o que contribui para a segurança dos usuários, monitoramento de evasões e de atos de vandalismo e, ainda, para o levantamento de possíveis demandas de manutenção das estações e terminais. “Este cruzamento dos dados recebidos e das imagens do circuito de TV permite um gerenciamento remoto do Sistema de Transporte Metropolitano. Potencializar o CCO e fazer esta análise detalhada é fundamental, pois as funcionalidades ampliam a capacidade de ação da secretaria, principalmente em relação ao planejamento e gerenciamento”, destaca o diretor de Gestão de Contratos e Convênios do Sistema Metropolitano, Diovane de Sá Leopoldino.
Um dos grandes benefícios é o ganho de agilidade na apuração das queixas dos passageiros. Quando um usuário alega atraso de uma linha ou descumprimento do quadro de horários, a equipe da Setop verifica no sistema todas as informações e confere se a programação foi ou não cumprida. “Antes demorávamos até uma semana para responder às queixas simples dos usuários. Agora, dependendo da situação, conseguimos ver tudo pelo CCO e responder em um prazo que varia entre 6 a 24 horas”, explica Leopoldino. Em caso de confirmação das irregularidades, as informações são repassadas à Diretoria de Fiscalização do DEER.
A prioridade agora é que esses e outros dados da operação sejam mais utilizados por técnicos da Setop, de forma a gerar melhorias diretas para o usuário do transporte metropolitano.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.