Esportes

Nos braços da torcida, Pedro Rocha chega a BH

Atacante, que estava no Spartak Moscou, da Rússia, desembarcou na capital mineira na manhã de ontem

O atacante Pedro Rocha desembarcou na manhã de ontem no Aeroporto Internacional de Confins, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, para fazer os exames médicos e assinar contrato com o Cruzeiro. O jogador, que pertence ao Spartak Moscou, da Rússia, chega à Raposa com vínculo de empréstimo até o fim deste ano.
Assim como aconteceu com o meia Rodriguinho, Pedro Rocha chegou nos braços da torcida do Cruzeiro. Cerca de 50 cruzeirenses estiveram no aeroporto para recepcionar o atacante de 24 anos, que se destacou com a camisa do Grêmio entre 2016 e 2017. Do clube gaúcho foi para o Spartak, onde não se destacou. Ele disse que o período na Europa serviu como experiência e afirma que está muito motivado para fazer uma retomada no Brasil.
“O período que fiquei na Rússia foi de experiência, eu sou muito novo, queria voltar ao Brasil. O Cruzeiro me deu a oportunidade, eu estou motivado e vou aproveitar essa chance”, disse.
O Cruzeiro vai pagar 750 mil euros (aproximadamente R$3,2 milhões) ao Spartak pelo empréstimo do jogador. A quantia será bancada pelo patrocinador master do clube. O salário do atacante também será, em parte, de responsabilidade do parceiro.
Pedro Rocha era um desejo antigo da diretoria do Cruzeiro, que já havia tentado a contratação do atacante anteriormente. A chegada do jogador não se concretizava por impasse dos russos, que só liberariam o jogador por definitivo, não aceitando empréstimo. Em julho do ano passado, o valor pedido por Pedro Rocha, pelo time de Moscou, era de 10 milhões de euros, aproximadamente R$45 milhões na cotação da época.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.