Turismo

Secult lança série de vídeos para reforçar campanha de divulgação e promoção do turismo mineiro "Não cancele, remarque!"

Material traz depoimentos de importantes entidades do setor mostrando um trade turístico unido para enfrentar essa crise

13/05/2020 05h00
Por: Redação

A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) aderiu ao movimento nacional "Não Cancele, Remarque!", assim como outros estados e entidades. O objetivo é reforçar a importância do turismo para o desenvolvimento econômico e a necessidade das atividades turísticas voltarem a operar quando a situação normalizar, além de contribuir para que a saúde financeira das empresas não seja prejudicada.

 

A iniciativa acaba de ganhar um reforço com uma série de vídeos realizada pela Secult em parceria com a Rede Minas. Nesta primeira etapa são sete vídeos exaltando as riquezas do nosso estado, convidando os turistas para novas experiências e mostrando um trade turístico unido para enfrentar essa crise com depoimentos de representantes de importantes entidades do setor. Participam dos vídeos: Alexandre Xavier - presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV MG), Ricardo Rodrigues - presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL MG), Guilherme Sanson - presidente da Associação Brasileira da Industria de Hotéis de Minas Gerais (ABIH MG), Jair de Aguiar Neto - presidenteno Belo Horizonte Convention e Vistiors Bureau (BHCVB), AneSouza, presidente da Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais (FECITUR), além da mensagem do secretário adjunto de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Bernardo Silviano Brandão. Em um dos vídeos, o secretário adjunto destaca o mote da campanha, "eu tenho certeza que os mineiros vão superar essa crise e vamos poder voltar a viajar por cada canto desse estado maravilhoso que é Minas Gerais. Lembrando: se você tem reservas, não cancele!", ressalta Brandão.

 

Os vídeos da campanha "Não cancele, remarque!" também trazem o slogan "Minas te espera em breve". Mensagens que serão compartilhas em diferentes plataformas, divulgadas na Rede Minas de televisão, nas redes sociais da Secult e nos canais de relacionamento da subsecretaria de Turismo. O objetivo é reforçar essa campanha de sensibilização para que as pessoas remarquem suas viagens a Minas Gerais e, com isso, mantenham o funcionamento do setor turístico, responsável por muitos empregos em todo o estado.

 

"A remarcação de viagens, ao invés do cancelamento, ajuda as empresas a terem mais fôlego financeiro nesse período, porque evita reembolsos e dá uma previsão de que a atividade turística pode voltar a funcionar assim que tudo isso passar. Se a pessoa cancela uma viagem, existe a chance dela não escolher o mesmo destino ou até desistir de viajar e isso atinge diretamente os empresários, principalmente micro e pequenos. Grandes empresas e companhias aéreas já vêm negociando com clientes essa flexibilidade, exatamente para reforçar a importância da remarcação, que é uma forma do setor entender que o movimento será retomado assim que possível", explica a subsecretária de Turismo da Secult, Marina Simião.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários