Coluna

Lawrence Borges

Bastidores

13/05/2020 05h00
Por: Redação
O ex-presidente da Cohagra, Marcos Jammal, esteve acompanhando o prefeito Paulo Piau em visita as obras - Foto: André Santos/PMU
O ex-presidente da Cohagra, Marcos Jammal, esteve acompanhando o prefeito Paulo Piau em visita as obras - Foto: André Santos/PMU

ESCOLHENDO NOME

Muito se fala em pandemia e coronavírus, mas a política uberabense segue com os trabalhos nos bastidores de forma incansável. O MDB, partido do prefeito Paulo Piau, que possui vários pré-candidatos a prefeito e uma legenda completa para vereadores trabalha para a definição de um nome.

 

MDB QUER FAZER SUCESSOR

O presidente estadual do MDB, deputado federal Newton Cardoso Jr. já garantiu aos integrantes do diretório municipal que o MDB terá um nome majoritário para prefeito, aproveitando a carona no bom trabalho que Paulo Piau desenvolve em Uberaba. Agora é definir se vai chapa pura ou se haverá alianças.

 

BUSCANDO FORTALECER

Dentre dos nomes pré-candidato a prefeito e que já está em campanha para ter seu nome homologado na convecção partidária do próximo mês é do ex-presidente da Cohagra, Marcos Jammal, que inclusive está acompanhando o prefeito Paulo Piau em visita às obras.

 

PREFEITURA ANTECIPA

 A Prefeitura de Uberaba, por meio da Procuradoria Geral do Município (Proger) protocolou na segunda-feira (11) no Fórum da Justiça Federal, plano estratégico detalhado de ações, prevenção e combate ao coronavírus/Covid-19, definidos a partir de estudo técnico-científico elaborado pela Secretaria de Saúde, conforme determinado em sentença do juiz federal Élcio Arruda na semana passada. 

 

AGUARDA DEFINIÇÃO

De acordo com o procurador-geral Paulo Eduardo Salge o processo seguirá o rito legal. "O juiz poderá designar perícia, ouvir pessoas, especialistas, médicos, sendo, então, um trâmite normal de um processo regular. A Prefeitura acompanhará de forma efetiva a tramitação", finaliza.

 

CONFERINDO DE PERTO

O prefeito Paulo Piau esteve ontem no canteiro de obras da barragem Prainha para conhecer a etapa atual de escavações. Ele foi acompanhado do presidente da Codau, Luiz Guaritá Neto, do diretor da autarquia, Luiz Antônio Molinar Henrique e dos engenheiros da construtora, responsáveis pela execução do projeto.

 

RECURSOS DA UNIÃO

O prefeito Paulo Piau ressaltou que a barragem é custeada com recursos do Orçamento Geral da União, com operacionalização da Caixa e, portanto, uma verba não reembolsável. "Não há comprometimento nenhum dos recursos da Prefeitura. E esta é uma obra para garantir água no período de seca, e acreditamos que já em 2021 ela poderá entrar em operação, dando maior segurança para o abastecimento de nossa Uberaba".

 

“UBERABA EM TODAS”

Já dizia o saudoso Netinho: “Uberaba está em todas”. Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) pretende desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus (Covid-19), o SARS-CoV-2, a partir da identificação das sequências de proteínas virais que conseguem induzir uma resposta imunológica protetora. Dentre os integrantes está o uberabense, Lúcio Roberto Cançado Castellano, aluno da primeira turma Biomedicina da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), onde concluiu doutorado. Ele é filho de Carmen Vera Brito Cançado Castellano, professora aposentada e do jornalista Lúcio Roberto Castellano.

 

BURACOS NO CIDADE JARDIM

Motoristas que trafegam por ruas no bairro Cidade Jardim - rua São João e proximidades -  estão tendo muito trabalho para desviar dos enormes buracos. Eles entraram em contato com a coluna Bastidores para que a mesma sirva de ponte para chegar às autoridades competentes. “Da última vez que solicitamos o apoio da coluna a Prefeitura solucionou o problema e esperamos a mesma atenção agora”, disse o pedido do leitor.

 

VERBA PARA PREFEITURAS

O governador Romeu Zema anunciou ontem, na Cidade Administrativa, que o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) alcançou a marca de R$ 274 milhões em crédito contratado via Edital de Municípios do biênio 2019/2020, montante 37% maior que a previsão inicial de desembolso, que era de R$ 200 milhões. Ao todo, considerando outras linhas de crédito para o setor público, o BDMG atingiu R$ 302 milhões liberados aos municípios.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários