Mebox
Cuidados

Secretaria de Saúde reforça importância de cuidados básicos na prevenção à doença

Governador destacou que, até o momento, a situação de Minas Gerais é considerada segura

14/05/2020 05h00
Por: Redação

Em coletiva virtual realizada na terça-feira (12), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, o governador Romeu Zema apresentou um balanço das últimas ações do Estado no enfrentamento à covid-19. “O Hospital de Campanha, com 768 leitos, está pronto para ser utilizado assim que demandado. Minas Gerais também foi o único Estado a comprar Equipamento de Proteção individual (EPI) para distribuir a preço de custo aos municípios e, até o momento, já atendemos mais de 80 cidades mineiras. Além disso, adquirimos 1.047 respiradores, através do depósito judicial da Vale e da Samarco, que serão entregues a partir do próximo mês, num preço muito abaixo do mercado. E também ampliamos, no interior do estado, 368 leitos de UTI, o que representa um aumento de 18% no número de leitos de UTI”, pontuou Romeu Zema.

Com 6% dos leitos de UTI ocupados por pacientes confirmados ou com suspeita de covid 19 e 4% de ocupação dos leitos clínicos, o governador destacou, ainda, que até o momento, a situação de Minas Gerais é considerada segura. “Apenas 30% dos municípios mineiros apresentam casos ou óbitos por covid 19. Por essa razão, foi lançado o programa Minas Consciente. Assim como Minas Gerais vem sendo um caso exemplar na condução da epidemia, o objetivo é que também seja um exemplo na condução da reativação das atividades econômicas, que será feita com muita responsabilidade e critério”, garantiu o governador.

 

Na sequência, o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, destacou, no início de sua fala, a importância dos profissionais de Enfermagem, especialmente no atual contexto. “Hoje nós comemoramos o Dia da Enfermagem e eu gostaria de deixar o agradecimento da SES-MG e do Governo de Minas a esses profissionais, bem como o nosso reconhecimento de que sem a Enfermagem não seria possível ter o cuidado e a atenção que a nossa população merece”.

 

Pico da doença - De acordo com Carlos Eduardo Amaral, a previsão feita na última quarta-feira (6/5) apresentava a estimativa de pico para o dia 8 de junho, com 3.005 internados em todo o estado, sendo 1.647 com necessidade de terapia intensiva. O secretário explicou que a tendência é que se apresente um pouco mais de achatamento antes de entrar no chamado ‘platô’, quando a curva de novos casos diários pode se estabilizar numa reta.

“Entretanto, não entendemos que haja uma redução tão importante nesta demanda. Por isso, o Governo do Estado e a SES-MG estão fazendo todo o preparo necessário para ampliar o número de leitos, com objetivo de termos condição de atender a demanda”, destacou Carlos Eduardo Amaral.

Segundo o secretário, o foco de toda a equipe da SES-MG tem sido adotar as medidas necessárias para o enfrentamento à Covid 19, bem como orientar e coordenar da melhor maneira possível as ações de todos os municípios mineiros.

Ao final da coletiva, o Carlos Eduardo Amaral reforçou o distanciamento social como sendo a estratégia mais efetiva que se tem até o momento para evitar o aumento no número de casos. “Isso é fundamental e, talvez, a única medida que temos neste momento. Cuidados como o uso da máscara, que auxilia no distanciamento, a higienização das mãos com frequência, evitando levá-las ao rosto são os cuidados que trarão benefícios efetivos para a sociedade”.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários