RC1
Mebox
Cidade

Vereador quer a criação do Cartão Cidadão de Uberaba

“A implementação do cartão permite informatizar todos os dados, podendo, inclusive, estar à disposição para consulta pública online”, declara

17/05/2020 05h00
Por: Júlio César de Oliveira
Vereador Agnaldo Silva que sugere a criação do Cartão Cidadão de Uberaba - Foto: Rodrigo Garcia/CMU
Vereador Agnaldo Silva que sugere a criação do Cartão Cidadão de Uberaba - Foto: Rodrigo Garcia/CMU

Na segunda-feira, pela manhã, a Câmara Municipal de Uberaba será reaberta para sessões ordinárias. Dentre os projetos em pauta está o do vereador Agnaldo Silva que sugere a criação do Cartão Cidadão de Uberaba. Ele explica que a intenção de propositura é agrupar todos os registros dos serviços oferecidos ao cidadão uberabense, implicando em maior agilidade no atendimento dos serviços públicos municipais. “A implementação do cartão permite informatizar todos os dados, podendo, inclusive, estar à disposição para consulta pública online”, declara.

Serviços como agendamento de consultas médicas, acompanhamento da fila eletrônica, acompanhamento de frequência escolar dos filhos, retirada de resultados de exames são apenas algumas das soluções proporcionadas pela implementação do cartão.

Agnaldo Silva lembra que Jaguariúna/SP, Embu das Artes/SP, Canaã dos Carajás/PA, são alguns dos exemplos de municípios que adotaram o Cartão Cidadão e obtiveram sucesso. “Além disso, a implantação do Programa de Benefícios e Vantagens atrelado ao Cartão impulsionará o comércio uberabense, através de parcerias com os comerciantes municipais, beneficiando também os consumidores que terão diversos descontos e oportunidades diversas”, acrescenta.

Outra benesse relacionada a implantação do Cartão na opinião do vereador é a garantia da correta identificação do cidadão no momento em que solicitar o serviço público desejado, evitando erros no momento do cadastro, vez que os dados já estarão inseridos no sistema e serão apenas validados com o Cartão.

“Importante frisar que aqueles que não se cadastrarem para obtenção do Cartão Cidadão não deixarão, em nenhuma hipótese, de ser atendidos, entretanto o atendimento não terá a mesma agilidade daqueles que obtiverem o recurso”, explica Agnaldo Silva.

“Desta maneira, apresento a presente proposição e conto com a compreensão dos nobres pares para apreciação e aprovação do projeto. Por fim frise-se que, a técnica legislativa utilizada está em consonância com a Lei Complementar n.º 95, de 2 de fevereiro de 1998, que dispõe sobre a elaboração, a redação, a alteração e a consolidação das leis. Justificado o projeto, salvo melhores considerações, contamos com a compreensão e sabedoria de todos os parlamentares desta Casa, pela apreciação e aprovação do projeto”, finalizou o vereador autor do projeto.

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários