Mebox
Coluna

Política

Cláudio Humberto

Cláudio Humberto

Cláudio HumbertoCláudio Humberto Rosa e Silva é um jornalista brasileiro, colunista e editor-chefe do Diário do Poder, responsável pela ascensão de Fernando Collor de Mello no cenário político nacional. Sua coluna é reproduzida em jornais de todo o Brasil.

21/05/2020 05h00
Por: Redação

“É quase uma unanimidade”

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia sobre adiar as eleições sem prorrogar mandatos

 

Votações do MPF são vulneráveis a fraude, diz CGU

Auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) levou a constatações devastadoras sobre o sistema eletrônico de votação do Ministério Público Federal (MPF), inclusive para escolha de lista tríplice para o cargo de Procurador Geral da República (PGR). A Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise da PGR também fez testes e verificou no sistema de votação do MPF, denominado “Votum”, há riscos de “excluir candidaturas, transferir votos de um candidato a outro ou até mesmo excluir votos”.

 

Sigilo comprometido

A CGU realizou testes a pedido do próprio MPF e verificou “fragilidades que podem comprometer o sigilo do voto”.

 

Eleições adiadas

A auditoria levou a comissão eleitoral a adiar por 30 dias a eleição para duas vagas no Conselho Superior do Ministério Público Federal.

 

Sem deixar rastros

No sistema Votum, não é possível identificar a gravação de auditoria nas tabelas, essencial para auditar eventuais alterações em votações.

 

Votação sem auditoria

Para a CGU, o Votum “não é auditável” e necessita de vigilância a fim de “bloquear brechas para ações maliciosas” e permitir sua rastreabilidade. 

 

Apenas três estados não recomendam cloroquina

Acre, Goiás e Roraima são os únicos estados brasileiros onde não há protocolo ou recomendação de uso de cloroquina/hidroxicloroquina no tratamento ao coronavírus. A briga sobre usar ou não os medicamentos fica apenas na mídia, com governadores tentando se colocar como os verdadeiros opositores do presidente Jair Bolsonaro, mas a maioria, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro, os usam em pacientes graves.

 

Animador de auditório

João Dória adora criar frases de efeito para parecer a “voz da razão”, mas na hora da verdade recorre à cloroquina defendida por Bolsonaro.

 

Levam a sério

Mato Grosso e Tocantins avaliam caso a caso e o Amapá usa em casos leves. O Amazonas não só usa como fez até testes sobre a dosagem. 

 

Quem diria

Todos os estados do Nordeste usam cloroquina para pacientes graves, mas Piauí e Paraíba atribuem a responsabilidade aos médicos.

 

Primeiro da fila

Relator do projeto do Senado que adia o Enem, Izalci Lucas (PSDB-DF) há meses lidera a fila de candidatos a substituir o atual ministro da Educação, Abraham Weintraub, de quem é um dos maiores críticos.

 

Colapso no sistema

Após a Justiça proibir o repasse de auxílio emergencial, podem sumir empregos de cobradores e motoristas nas empresas de ônibus do DF. Haverá também redução da frota e veículos lotados em plena pandemia.

 

É só enrolação

Rodrigo Maia diz que o adiamento da eleição só será discutido após a posse de Luís Roberto Barroso na presidência do TSE. Fez parecer que o Congresso precisa de autorização da Justiça para isso. Não precisa.

 

Tá difícil

Levantamento Paraná Pesquisa no município de São Paulo, mostra que para 63% dos entrevistados piorou sua situação financeira, ou da família, após a crise provocada pela pandemia do coronavírus.

 

Outro tipo

Entre 1.206 habitantes da cidade de São Paulo entrevistados pelo Paraná Pesquisas, 54% se dizem a favor de manter o isolamento social como tem sido feito no município e 42,6% são contra; querem mudar.

 

Mão na massa

Sindicatos de táxis reclamam e pedem ajuda de políticos pela queda no lucro, mas deviam se espelhar na concorrência. A Uber manteve seus motoristas atuando no transporte de profissionais de saúde, insumos, sangue e criou um fundo de R$25 milhões para comunidades carentes.

 

Solene lorota 

O ex-ministro José Eduardo Cardozo tem senso de humor. Disse que as reuniões ministeriais de Dilma eram “solenes”. Com seu jeito búlgaro de ser, Dilma dizia um palavrão para cada duas palavras. Solenemente.

 

Brasileiros investidores

O número de brasileiros que investem na B3 (ex-Bovespa) dobrou entre julho de 2019, quando estavam registrados 1 milhão de CPFs de investidores, e abril deste ano; 223 mil apenas em março.

 

Pensando bem...

...nunca demorou tanto para um vídeo ser assistido (e vazado) em Brasília.

 

PODER SEM PUDOR

Times do coração

Nas conversas inusitadas sobre futebol, durante a inauguração do estádio Castelão, em Fortaleza, a então presidente Dilma gostou do nome de um dos times mais antigos do Ceará: Calouros do Ar. E disse que o adotaria como o seu. Nesse momento da conversa com o governador Cid Gomes, chegou o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também do PSB. E Dilma foi logo perguntando: “E você, Eduardo?” O pernambucano arregalou os olhos verdes e jurou, assustado: “Vou terminar no prazo, presidente!” Dilma sorriu e esclareceu que não perguntou sobre o estádio Arena Pernambuco, o mais atrasado de todos antes da Copa de 2014, mas pelo seu time do coração. Eduardo Campos revelou: Náutico.

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários