Gasoduto

Paulo Piau e Ronaldo Caiado discutem sobre o gasoduto

Paulo Piau e Ronaldo Caiado discutem sobre o gasoduto

22/08/2019 06h00
Por: Redação
Prefeito de Uberaba Paulo Piau esteve reunido com o governador Ronaldo Caiado, acompanhado de Cleber Guarany, coordenador de projetos da FGV para apresentação dos estudos
Prefeito de Uberaba Paulo Piau esteve reunido com o governador Ronaldo Caiado, acompanhado de Cleber Guarany, coordenador de projetos da FGV para apresentação dos estudos

O prefeito de Uberaba Paulo Piau, dando continuidade à pauta gasoduto esteve reunido com o governador Ronaldo Caiado, ontem, em Goiás, acompanhado de Cleber Guarany, coordenador de projetos da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para apresentação dos estudos e tratar com o governador, a realidade quanto à infraestrutura para a viabilidade do projeto nos respectivos Estados.

Piau reforça que a implantação da Fábrica de Ureia em Uberaba, consumindo três milhões de metros cúbicos de gás por dia, é a demanda capaz de viabilizar o investimento no gasoduto de São Carlos/ SP até a região do Triângulo Mineiro para, em seguida, caminhar para o centro Oeste brasileiro.

“Tivemos uma reunião produtiva. É importante criar uma força tarefa entre os estados para trazer o gasoduto para Minas Gerais e consequentemente Triângulo Mineiro. Já alinhamos reunião na próxima semana com o governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha. Ontem comuniquei ao governador Romeu Zema sobre a agenda de hoje, em jogo aberto e claro, criando sim uma pressão positiva, mas agradeço ao Zema que está junto conosco nesse projeto, que é de interesse de Minas Gerais. O esforço que o governador de Minas tem feito para o desenvolvimento econômico e para melhorar de infraestrutura no Estado é de grande e entendemos ser fundamental trazer o gasoduto para nossa cidade e nossa região” pontua Piau.

Ele comenta também que para o estado de Goiás o maior problema é a energia. “Uma termoelétrica é a solução para que o governador Caiado tenha demanda de consumo de gás na sua região. Ele ficou entusiasmado com o que apresentamos, mas a falta de energia limita o crescimento de Goiás. Termoelétrica é solução e que resolvendo puxará o gasoduto” frisa.

Paulo Piau esteve no gabinete do Rodrigo Pacheco, para tratar da construção da sede da Amvale, além de buscar alternativas de infraestrutura para a região para suportar o crescimento setor produtivo e a geração de emprego.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias