Eventos

Coluna social

Olésia Borges

Olésia Borges

Olésia BorgesEconomista pela FCETM e Professora, com pós graduação em Teoria Econômica pela PUC_MG, trabalhou na extinta MinasCaixa, passando pela área gerencial na agência e na Regional da autarquia. Colunista do Jornal de Uberaba há quase 25 anos

23/06/2020 05h00
Por: Redação
Em tempos de pandemia e isolamento social pelo coronavírus, as tradicionais festas juninas também tiveram que se reinventar
Em tempos de pandemia e isolamento social pelo coronavírus, as tradicionais festas juninas também tiveram que se reinventar

São João!...

... São João Batista, na tradição cristã anunciou a boa nova (boa notícia) da vinda de Cristo, filho de Deus, o Salvador da Humanidade que renovaria todas as coisas.  Foi ele também, que batizou Jesus Cristo às margens do rio Jordão. Baseada na história de São João, a cultura popular europeia utilizou vários símbolos, que passaram a fazer parte de tradicionais ritos e comemorações. A fogueira é um desses símbolos mais importante da festa de São João. Sua história é associada ao nascimento de João Batista. A fogueira era o sinal combinado por Santa Isabel, mãe de São João, para anunciar à sua prima, Maria, mãe de Jesus, o nascimento de João Batista. 

 

Raízes portuguesas...

... As festas juninas no Brasil, em sua essência, são multiculturais e foram incorporadas ao calendário do mês de junho, no formato que conhecemos hoje, através de raízes da religiosidade portuguesas. As comemorações juninas realizadas pelas famílias, instituições e escolas, tem portanto, sua origem nas festas religiosas de populares santos de Portugal, Santo Antônio, São João, São Pedro e São Paulo. No Brasil, a prática de acender a fogueira na noite de 23 para 24 de junho, foi trazida pelos jesuítas. Tal prática, com o tempo, foi associada também a outras tradições populares, como o forrobodó africano, uma espécie de dança de arrasta-pé, que deu origem ao forró nordestino, além da quadrilha caipira, que herdou elementos de festas e bailes populares da Europa. Palavras usadas para marcar a quadrilha como anarriê”, “alavantú” e “balancê”, são adaptações de termos de bailes populares da França. No Nordeste brasileiro são famosas as grandes festas realizadas no mês de junho, como as tradicionais quadrilhas temáticas de São João, que reúnem, anualmente, mais de um milhão de pessoas, em Campina Grande, na Paraíba.  

 

Em tempos de Pandemia...

... As tradicionais festa juninas também tiveram que se reinventar. As animadas festas realizadas em todo o país, principalmente no nordeste brasileiro, atraindo no mês de junho, turistas do pais e do exterior não serão realizadas da mesma forma. Este ano, as festas terão que ser diferentes, em função do isolamento e distanciamento social. O formato da versão Virtual foi a solução encontrada por Alceu Valença para não deixar o mês de junho passar em branco. Alceu Valença em parceria com a plataforma de conteúdo e festivais de rua, “Pipoca” vão apresentar no próximo fim de semana, a live “São João do Alceu”, que já está sendo considerada a maior live de São João do mundo. Serão três dias de programação, 26, 27 e 28 de junho (de quinta a domingo). No cardápio junino diversas atrações em três cidades diferentes, Caruaru, Olinda e Rio de Janeiro, com transmissão pelo canal de Alceu Valença no Youtube e também no Instagram.

 

Programação...

... A live “São João do Alceu”, começa na sexta-feira, dia 26 de junho, a partir das 20h, direto de Caruaru, a capital do forró. Caruaru, é também o local onde acontece, tradicionalmente, um dos principais eventos de São João do país, dentre vários outros realizados em cidades do Nordeste. O próprio Alceu Valença abre os festejos, direto da  sua casa no Rio de Janeiro. Ele vai contar histórias sobre o “São João no Brasil” e sua relação pessoal com a festa. Atrações locais, como a Banda de Pífanos Zé do Estado, o cantor Azulinho e artistas de rua, mostram sua arte diretamente do Museu do Barro e do Pátio do Forró.

 

Sanfoneiros e forrozeiros...

... Dia 27 de junho o drone da “Pipoca” leva o público de Caruaru para Olinda, aterrizando na Casa Estação da Luz. A festa acontece no coração da cidade histórica de Olinda e será transmitida a partir das 16h. Olinda, mais conhecida pelo seu carnaval, vai mostrar que também tem forró nas suas ladeiras. Uma nova geração de forrozeiros e sanfoneiros como, Felipe Costa e Karol Maciel, Claudio da Rabeca e o cantor Juba e os consagrados Genaro vão levantar poeira, fazendo uma ponte entre o som do agreste e o ambiente festivo do litoral pernambucano. No domingo, 28 de junho, o drone atravessa o país para pousar na casa de Alceu Valença, no Rio de Janeiro para a live do dono da festa. No repertório, do xote ao baião, toadas e emboladas, o público vai cantar e dançar no ritmo dos grandes sucessos de Alceu Valença.

 

It´s a Boy...

... Renata Cicci Cunha Castro, que é Fisioterapeuta e está cursando Medicina na Uniube e o empresário Nilson Lourenço Filho comemoram a notícia que serão pais de um menino: “It´s a boy” e o nome ainda não foi escolhido. A bela surpresa, com direito a um “chá de revelação” em clima intimista, foi comemorada pela família, no último fim de semana. O caprichado “Chá de  Revelação” foi carinhosamente  preparado, pela prima da futura mamãe, a talentosa cerimonialista Maria Claudia Cicci Resende. A notícia trouxe também a maior alegria e felicidade para os avós maternos, Maria Esther Cicci Cunha Castro e Antônio Cunha Castro Neto e para os avós paternos, Rita Lourenço e   Nilson Lourenço. Parabéns...       

 

Com a mão na massa...

... Sem como ir aos salões de beleza e recorrer ao trabalho de profissionais de confiança, algumas celebridades, que ainda não se sentem prontas para assumir os seus cabelos brancos por completo, estão colocando a “mão na massa”, isto é, na tinta. Elas estão aprendendo a colorir, em casa, suas madeixas   durante esse tempo de pandemia e isolamento social. Entre as celebridades estão se virando, a atriz Gloria Pires. Também estão cuidando da coloração dos seus cabelos, Letícia Spiller, que está retocando suas raízes, sem a ajuda profissional e também, Larissa Manoela e Fernanda Gentil, que ainda está cuidando dos cabelos da sua mãe e da sua companheira. Além delas, Simone e Simaria também coloriram, recentemente, suas próprias madeixas.

 

O Shopping Uberaba...

... Está de portas abertas e contando com a importante colaboração a compreensão de lojistas, clientes e colaboradores. Todos estão seguindo as regras para conter a propagação da Covid-19. Todo o movimento tem sido monitorado pelo circuito interno de TV e quando necessário, a segurança atua para orientar e, se for o caso, desfazer possíveis rodas de conversa e assim, evitar a aglomeração. Os clientes estão indo ao shopping, realmente para comprar o que precisam, sem permanência prolongada. O Shopping quer continuar sendo o local de encontro de amigos e familiares, e de negócios, mas neste momento, tem como foco, atender às necessidades emergenciais e urgentes dos clientes. Com o apoio de todos o Shopping Uberaba continuará aberto mantendo seu mix diversificado e gerando renda e emprego.

  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
  • Coluna social
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários