Coluna

Gruner Veltliner

Carlos Alberto Pereira

Carlos Alberto Pereira

Carlos Alberto PereiraEnófilo, Jornalista, Tecnólogo em Turismo e Hotelaria. Contato: [email protected] / 98412-6446

23/08/2019 06h00Atualizado há 1 mês
Por: Redação

Lendo um artigo do renomado enólogo português, Rui Falcão, na edição de julho/2019 da revista Prazeres da Mesa, me encantei pelos vinhos brancos da  Áustria e especialmente pela casta ( até então desconhecida por mim) de nome difícil de pronunciar:GRUNER VELTLINER. 

Aliás, da Áustria, conheço e aprecio muito são os vinhos brancos de uva Riesling. 

Inclusive, até já mereceu um artigo nosso por aqui.Mas como a nossa missão  é a de descomplicar o mundo do vinho e permitir que mais pessoas tenham acesso à esta icônica bebida, corri para pesquisar sobre esta uva  e trazer com maiores detalhes para vocês. Embora pouco divulgado, os vinhos desta uva já são bem conhecidos aqui no Brasil e vários importadores comercializam, inclusive, via E-Commerce. Portanto, quero dividir no nosso artigo de hoje, um pouco do quepesquisei e aprendi sobre esta casta. 

Mas antes, só uma pequena informação, para seu conhecimento deste país europeu: A Áustria é um país de língua alemã situado na Europa Central. O país é bem turístico com belas cidades e aldeias encrustadas nas montanhas, com uma  arquitetura barroca e muita história imperial. Sua capital, Viena, é cortada pelo Rio Danúbio e abriga os palácios Schönbrunn e Hofburg. Entre seus habitantes famosos do passado, estão Mozart, Strauss e Freud. 

Outras regiões de destaque são a Floresta da Boêmia, ao norte, o Lago Traunsee e vinhedos em encostas ao leste. Vamos então à sua casta típica GrünerVeltliner e boa leitura!

 

O Vinho

A casta GrünerVeltliner oferece todos os níveis de qualidade para um bom vinho, desde os vinhos leves e com acidez, aos vinhos doces altamente maduros. O local onde é cultivado e o rendimento são cruciais para esta qualidade. Existemas versões picantes e apimentadas que são as preferidas, como também as versões que apresentam notas de frutas e minerais. Sem contar os feitos de colheita tardia, bem doces, excelentes para sobremesa.Os vinhos clássicos GrünerVeltliner (GV) exibem aromas cítricos (casca de limão e toranja) complementados por notas de frutas frescas e vegetais, além da marca registrada da variedade de pimenta branca. Mas dentro disso existem dois estilos principais de vinho GrünerVeltliner. O primeiro - mais leve, mais fresco e focado na mineralidade e no caráter cítrico - é típico de Weinviertel. O vinho, muitas vezes engarrafado com uma ligeira quantidade deSpritz (aperitivo alcoólico encontrado no Aperol), para levantar o vinho e enfatizar suas notas frescas e frutadas.

O segundo estilo - mais picante, mais pesado e mais complexo - é incorporado pelos melhores vinhos das regiões mais quentes de Wachau, Kremstal e Kamptal. Estes vinhos são ricamente texturizados e bem estruturados, e requerem vários anos em garrafa antes de atingirem a maturidade.

Origem

A GrünerVeltliner (GV) é a uva característica da Áustria e, de longe, a uva de vinho mais amplamente plantada do país, ocupando uma área de 14.423 há, ou 31%.  É a mais importante variedade autóctone de uva branca do país.Esta casta, provavelmente, deriva de um cruzamento com a uva Traminer. Embora não se tenha confirmado a outra paternidade, acredita-se que seja de uma variedade secular descoberta em St. Georgen em Burgenland. Esta casta, tornou-se mais amplamente plantada nos anos 50 por causa da introdução do sistema de treinamento Hochkultur (High Culture) de Lenz Moser. Hoje, a variedade é cultivada, especialmente, em Niederösterreich e no norte de Burgenland, produzindo um vinho DAC -DistrictusAustriaeControllatus- típico de origem.É uma  variedade que  tem uma classificação especial em várias regiões vitivinícolas. 

Onde se cultiva

O GrünerVeltliner é cultivado extensivamente em quase todas as regiões vinícolas austríacas, mas a variedade de maturação tardia não se mostrou bem-sucedida nos climas mais frios e úmidos da vizinha Alemanha, ou em qualquer outro lugar no norte da Europa. Também é amplamente cultivado na Eslovênia e na República Tcheca e, em menor escala, no norte da Itália, Nova Zelândia, Austrália e Estados Unidos.

 

Envelhecimento

 Enquanto a maioria dos vinhos desta casta é fermentada e envelhecida em aço inoxidável ou grandes barricas de carvalho, alguns exemplos de estilo moderno podem ser feitos usando barris novos de carvalho. Com o tempo, elas suavizam e absorvem características de melado, semelhantes a marmelada, que combinam com sua atraente e profunda tonalidade dourada. Alguns entendidos de vinhos, notaram semelhanças com a Borgonha branca madura.

 

Características

A  GV é uma variedade que tem a folha de tamanho médio, pentagonal a circular, com cinco a sete lóbulos e uma parte inferior moderadamente peluda. Cachos de  médio a muito grande e densidade média. Cores  amarelo-esverdeado. Cresce especialmente bem em solos profundos, não gosta de climaseco, embora algumas variedades precisam de boa insolação, para entregar alguns de seus vários tipos de vinho. É sensível a pragas, especialmente, durante a floração. Como é  uma variedade muito fértil é preciso um certo controle deste crescimento pelos produtores.

 

Harmonização

Os vinhos GrünerVeltliner combinam bem com uma vasta gama de alimentos, com os estilos mais frescos adequados a muitas folhas de salada e vegetais, bem como aperitivos. Os vinhos maiores combinam naturalmente alta acidez e textura encorpada, tornando-os uma alternativa versátil e exótica ao Chardonnay. Dentre os pratos que combinam muito bem com esta casta podemos destacar o Tradicional prato austríaco WiennerSchnitzel( um filé de suíno empanado)  , salada de atum, quiche de abobrinha e pratos da culinária japonesa, entre outros.

 

Um nome difícil de pronunciar

O nome da variedade pode ser difícil de pronunciar para os não-iniciados, mas os profissionais de marketing incisivos da Áustria tiraram isso a seu favor, apelidando a variedade “Gru-Ve” e até mesmo “Groovy”. Grüner significa “verde”, que reflete nitidamente tanto as bagas verde-amarelo da variedade quanto o caráter de pimenta verde que tipifica o vinho GrünerVeltliner. Veltliner - um nome partilhado por várias castas europeias (nomeadamente RoterVeltliner) - é considerado uma referência às possíveis origens das variedades em Valtellina, um vale na região da Lombardia, no nordeste italiano, na fronteira com a Suíça.

 

Outros nomes

Weissgipfler, Grunmuskateller, Veltlin, VeltlinZelene, VeltlinskeZelene, ZeleniVeltlinec, Zoldveltelini e ZoldVeltlini.

 

Dica de Vinho

Vinho: GrünerVeltlinerKamptalTerrassen 2017

WILHELM BRÜNDLMAYER

Produtor: Wilhelm Bründlmayer

País: Áustria

Safra: 2017

Tipo: Branco Seco

Uva: GrünerVeltliner

Volume: 750ml

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias