Cidade

Educadores municipais participam de formação online

São encontros online/oficinas práticas, com carga horária de 15 horas

26/06/2020 05h00
Por: Redação

O uso da tecnologia para atividades de ensino-aprendizagem entrou no centro do debate educacional após a suspensão temporária das aulas presenciais e, por isso, a Prefeitura de Uberaba, por meio da Secretaria de Educação, tem se empenhado para a utilização das ferramentas tecnológicas na Educação, com oferta de atividades pedagógicas aos alunos da Rede Municipal, disponibilizadas em sites, cursos online destinados à formação dos profissionais do magistério, e, também, de lives, webnários.

E nesta semana inovou mais uma vez: o Departamento de Formação Profissional, por meio da Casa do Educador, em parceria com o Departamento de Educação Tecnológica, iniciou o curso intensivo de "Tecnologias necessárias para o fazer docente em tempos de pandemia", ofertado no modo online para professores e coordenadores da rede municipal que atuam na educação infantil e de 1º ao 9º anos do ensino fundamental.

São encontros online/oficinas práticas, com carga horária de 15 horas (5 encontros de 3 horas), correspondentes à formação da unidade de ensino.              Os cursos ofertados pela Casa do Educador estarão suspensos até 4 de julho, com retorno no dia 6 de julho.

Maria Beatriz Domingos, chefe da Casa do Educador, destaca que o curso de tecnologias vem ao encontro das necessidades educacionais em tempos de pandemia, promovendo a inclusão digital e readaptação dos professores da Rede Municipal que se encontram em diversas faixas etárias.

Para os professores que atuam na educação infantil, essa formação teve início em 1º de junho, com 760 profissionais inscritos e distribuídos em 19 turmas com 40 alunos cada. No ensino fundamental, participam aproximadamente 1.500 participantes, distribuídos em 45 turmas.

As ações formativas serão oferecidas em formato de módulos, com objetivo de promover o conhecimento das ferramentas do Google for Education (Google Meet, Google Sala de Aula, Gmail, Google Drive e outros) WhatsApp, e aplicativo para gravação de vídeos e algumas possibilidades de uso para o ensino remoto com os seus alunos.

Silvana Elias, secretária de Educação de Uberaba, considera que, se bem aproveitada, a tecnologia poderá representar um dos possíveis legados em função da pandemia, com avanços substantivos para as políticas educacionais no Brasil.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários