Cidade

Militares e profissionais da saúde fazem treinamento sobre uso de EPI e desinfecção

Foram aplicadas instruções sobre paramentação e desparamentação com o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

04/07/2020 05h00
Por: Redação
Participaram do treinamento profissionais de Uberaba, Iturama e Araxá - Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Participaram do treinamento profissionais de Uberaba, Iturama e Araxá - Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Equipes do Corpo de Bombeiros de Uberaba, policiais militares e funcionários da Secretaria de Saúde participaram de um treinamento na quinta-feira (2). Foram aplicadas instruções sobre paramentação e desparamentação com o uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

Ao final do curso, durante a noite, foi feita uma prática em área pública com a desinfecção do calçadão da Artur Machado.

Segundo informou o capitão Cristiano Soares, para o treinamento foram seguidas normas técnicas recomendadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), utilizando os protocolos internos de manejo de equipamentos, assim como a forma correta da retirada.

Ele reforçou que o maior risco de contaminação pelo coronavírus é na hora da retirada dos equipamentos utilizados no trabalho ou durante a passagem por locais públicos ou contaminados.

“Colocar ou retirar o equipamento de proteção individual de forma errada são os pontos mais sensíveis. O treinamento é para evitar a contaminação daqueles que estão na linha de frente", disse.

 

Desinfecção - A descontaminação no calçadão da Artur Machado começou no fim da tarde desta quinta-feira e foi até as 20h. Foram usados 89 litros de uma solução de hipoclorito de sódio com álcool.

Além dos profissionais de Uberaba, também participaram da ação pessoas de Araxá e Iturama. O trabalho deve ser estendido para outros pontos da cidade.

“A gente passa para os profissionais, instruções sobre a solução adequada, a forma de aplicar, os equipamentos que devem ser aplicados, o tempo necessário para fazer a descontaminação e a retirada desses produtos, já que são químicos", disse o capitão Cristiano Soares.

O bombeiro também reforçou que, além de todas essas medidas, ainda é importante o cuidado de cada pessoa.

“E importante a gente saber que a desinfecção não é a solução dos problemas. Ela soma com o uso de máscara, ao distanciamento social e as demais medidas para ajudar a combater e a vencer o coronavírus", finalizou.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários