Política

Estou disposta a dar o melhor de mim para Uberaba, por um propósito maior, diz pré-candidata do PSDB

Com com mestrado e pós-graduação na área de Saúde, dentre as diversas funções de Regiane Isidoro está a de pastora e enfermeira

12/07/2020 05h00Atualizado há 4 semanas
Por: Maria das Graças Salvador
Estou muito confiante. Uberaba é minha terra natal, uma cidade maravilhosa. Será uma honra poder renovar a política. Desde o anúncio da minha pré-candidatura muitas pessoas voltaram a ter esperança e acreditar na política, isto cria um clima coletivo muit
Estou muito confiante. Uberaba é minha terra natal, uma cidade maravilhosa. Será uma honra poder renovar a política. Desde o anúncio da minha pré-candidatura muitas pessoas voltaram a ter esperança e acreditar na política, isto cria um clima coletivo muit

Regiane Evangelista Chaves Isidoro, ou Regiane Isidoro, é com os nomes colocados a pré-candidatos de Uberaba, nas eleições majoritária deste ano. Como ela mesmo lembra, é mulher forte e corajosa, servidora pública federal, mãe e esposa e está disposta a dar o melhor para Uberaba, por um propósito maior. Com com mestrado e pós-graduação  na área de Saúde, dentre as diversas funções de Regiane Isidoro está a de pastora e enfermeira, o que faz com que tenha uma visão grande do ser humano. Por isso afirma estar pronta para assumir mais este desafio em sua vida, caso seja o desejo da população. E lembra que tem determinação e grandes ideias e planos para o desenvolvimento de Uberaba: “São 17 anos na área da Saúde onde, através do contato diário com o ser humano, pude desenvolver a habilidade mais poderosa de um bom gestor: Saber ouvir e perceber a necessidade das pessoas”.

 

Jornal de Uberaba – Regiane, como foi feita a definição por parte do PSDB ao colocar seu nome como pré-candidata a prefeita de Uberaba? Outros nomes eram colocados pelo seu partido para uma possível pré-candidatura. Como está sua articulação política dentro do partido ou existem disputas internas que podem inviabilizar sua candidatura?

Regiane Evangelista Chaves Isidoro – Em primeiro lugar agradeço ao Jornal de Uberaba e em especial à jornalista Maria das Graças pelo convite à esta entrevista. Minha pré-candidatura foi construída naturalmente dentro do PSDB. O desejo inicial era a pré-candidatura ao Legislativo, no entanto, devido à boa aceitação do meu nome na comunidade, o PSDB   percebeu em mim o perfil político que a população almeja para o Executivo. A população deseja renovação e quer ser representada por alguém com quem se identificam, alguém que possua o mesmo propósito de fazer o bem. Até o momento não há disputas internas ou outros pré-candidatos ao Executivo dentro do partido. O PSDB é um grupo sólido e aberto a dar espaço para novos políticos principalmente mulheres. 

 

JU – O seu nome é um dos que estão colocados hoje para uma possível candidatura a prefeita de Uberaba. Como a senhora avalia essa possibilidade?

Regiane Isidoro – Estou muito confiante. Uberaba é minha terra natal e sinto que tudo na minha vida, desde o nascimento, foi uma construção para o que estou vivendo hoje. Uberaba é uma cidade maravilhosa. Será uma honra participar deste pleito e poder renovar a política. Sinto que desde o anúncio da minha pré-candidatura muitas pessoas voltaram a ter esperança e acreditar na política, isto cria um clima coletivo muito bom e favorável.

 

JU – A senhora se considera preparada para assumir uma possível candidatura?

Regiane Isidoro – Sim. Desde pequena sempre gostei de estudar. Tive a oportunidade de fazer o curso técnico em Enfermagem durante o Ensino Médio, o que me possibilitou trabalhar e cursar Enfermagem seguido por três pós-graduações e o Mestrado em Atenção à Saúde pela UFTM [Universidade Federal do Triângulo Mineiro]. São 17 anos na área da Saúde onde, através do contato diário com o ser humano, pude desenvolver a habilidade mais poderosa de um bom gestor: Saber ouvir e perceber a necessidade das pessoas.

 

JU – Há muito se comenta que Uberaba precisa ter uma gestora, uma mulher na cadeira majoritária. A senhora acredita que será esta pessoa?

Regiane Isidoro – Acredito. Mas precisamos sair do campo dos sonhos e comentários e fazê-los realidade. Chegou a hora de termos uma gestora com um olhar mais humano, com visão holística, sem vícios políticos. Sinto muito forte em meu coração que chegou a hora de uma mulher, mãe, servidora e gente do povo governar esta cidade, em parceria com a própria população.

 

JU – Estamos passando por esta pandemia do Covid-19, como a senhora visualiza este cenário... O que vocês estão preparando e até mesmo o que já mudaram em relação a planejamento?

Regiane Isidoro – Com a pandemia, o mundo adoeceu. O que acontece no mundo e em Uberaba é semelhante ao que acontece com um indivíduo que adoece: é preciso cuidados, fortalecimento, reabilitação e adaptação à uma nova realidade de vida. Precisamos fazer um diagnóstico da situação de Uberaba com um time técnico científico forte, elaborar junto com a população ações para fortalecer e reabilitar e adaptar Uberaba a esta realidade pandêmica. Por exemplo, precisamos estabelecer parcerias para estarmos preparados para a provável migração de alunos das redes particulares de ensino para as escolas públicas e ajudar o empresariado e todos os setores e segmentos a adaptarem seus estabelecimentos para atender com segurança, através de protocolos científicos, retomando sem medo nossa rotina de vida e economia. A população em geral precisa de uma resposta sólida ao desemprego.

 

JU – Os próximos prefeitos vão ter dificuldades porque vai diminuir a arrecadação e esta queda vai interferir nas gestões. Como você vê isso e quais são seus planos em relação a isso?

Regiane Isidoro – Sim, a economia do mundo todo tem sofrido este impacto. Antes de tudo é   preciso estabelecer uma cultura de cooperação intersetorial. Não é o prefeito ou prefeita que terá dificuldades e sim todos nós, pois somos habitantes da mesma cidade, jogamos no mesmo time, estamos no mesmo barco. Acredito na eficácia da interação entre o time técnico de todas as secretarias, juntamente com os representantes dos setores envolvidos poderemos definir juntos prioridades de gastos e estabelecer medidas de geração de renda e empregos. Faremos esta reabilitação pós-pandemia juntos!

 

JU – Muito se tem falado em plano de governo, projeto para Uberaba... O seu partido e você, enquanto pré-candidata, já estão formatando isso?

Regiane Isidoro – Sim, estamos construindo de maneira diferente. Estamos construindo junto com a comunidade uberabense. Estamos ouvindo servidores, representantes de diversos setores e moradores. Registramos e analisamos estas demandas e sugestões para termos uma assertividade maior em nosso plano de governo.

 

JU – Na sua avaliação, quais os atributos que um bom prefeito deve ter?

Regiane Isidoro – Saber ouvir com empatia, ser descentralizador, ter um time técnico eficiente e dar autonomia a eles, ser aberto a mudanças e ao diálogo, ter boas referências em mente e energia para replicar modelos de sucesso. Ter um propósito de vida.

 

JU – Quais áreas da Administração a senhora vê como prioridade na gestão pública? Por quê?

Regiane Isidoro – Educação, Saúde, Segurança, Moradia e Saneamento Básico. A Educação abre um leque de possibilidades ao ser humano; Moradia tem a ver com dignidade. Segurança estabelece justiça e ordem. O Saneamento Básico e as áreas supracitadas estão intimamente ligadas à Saúde, pois saúde é o bem estar, bem físico, mental e social e não apenas ausência de doenças.

 

JU – A senhora trabalha na área de saúde e também é pastora. Em que isso pode te ajudar?

Regiane Isidoro – Tanto na enfermagem como no pastoreio aprendi ouvir e interagir com pessoas de diversas idades e classes sociais. Aprendi criar mecanismos e projetos para promover melhorias. 

 

JU – Quais as suas principais sugestões para a cidade, como pré-candidato a prefeito?

Regiane Isidoro – No momento oportuno, após ouvirmos a comunidade uberabense publicaremos nossas sugestões. Mas vou adiantar uma delas: Crianças. Estes pequenos estão em formação, então dá para cultivarmos valores, habilidades e moldar uma consciência de cidadania e sustentabilidade.

 

JU – A senhora pode nos falar um pouco sobre sua família e vida pessoal. Quer fazer mais alguma colocação?

Regiane Isidoro – Sou mulher forte e corajosa, servidora pública federal no mesmo hospital [Hospital de Clínicas da UFTM] que nasci e sobrevivi à um quadro de icterícia neonatal grave e a um procedimento de exsanguineotranfusão. Sou mãe de um casal, esposa e estou disposta a dar o melhor de mim para Uberaba, por um propósito maior.

11comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários